- Anuncie
- Assine

 
 
 
Diversão & Arte // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Retrospectiva 2009 - Cinema
Entre vampiros e avatares
A produção cinematográfica foi muito além de romances envolvendo seres míticos. O recorde de público do cinema nacional foi batido e a maior bilheteria do ano pertence a uma animação assinada por um brasileiro

Fotos DIVULGAÇÃO
San velis alisl ulla accum doleniam, quis digna feui ex e
Fotos DIVULGAÇÃO

O ANO COMEÇOU com um marco para a indústria nacional. Se Eu Fosse Você 2, lançado em 1º de janeiro, se tornou a maior bilheteria de um filme brasileiro desde a retomada da produção cinematográfica na década de 90. A comédia estrelada por Gloria Pires e Tony Ramos levou mais de seis milhões de pessoas aos cinemas este ano.

O responsável pela maior bilheteria geral também é uma sequência. O público de A Era do Gelo 3, dirigido pelo brasileiro Carlos Saldanha, ultrapassou nove milhões. Em contrapartida, o grande vencedor do Oscar 2009 não foi uma típico filme hollywoodiano. Quem Quer Ser Um Milionário? é uma pequena produção sem elenco de famosos que reverencia Bollywood - a indústria de cinema da Índia.

Ao contar a história verídica de Harvey Milk, o político americano assumidamente homossexual, Milk, A Voz da Liberdade foi escolhido o melhor roteiro e garantiu ao ator Sean Penn seu segundo prêmio da Academia. Destaque entre a safra nacional deste ano, Salve Geral, de Sergio Rezende, é o candidato brasileiro a estatueta em 2010.

A franquia mais badalada foi Lua Nova, o segundo capítulo da saga Crepúsculo, e a surpresa ficou por conta da ótima comédia Se Beber Não Case, que fez do loirinho Bradley Cooper um dos novos queridinhos de Hollywood. Polêmica também não faltou: Brüno levou o humor politicamente incorreto de Sacha Baron Cohen a um novo patamar, enquanto Anticristo, terror psicológico do dinamarquês Lars Von Trier, causou repulsa no Festival de Cannes com suas cenas de mutilação.

E 2009 se encerra com Avatar ocupando mais de 600 salas. A ficção científica do diretor James Cameron é considerada uma revolução visual e tecnológica da sétima arte.

 

1 | 2 | 3 | Próxima >>



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS