- Anuncie
- Assine

 
 
 
Carreira // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Album
Paola Oliveira
Desafios de uma atriz

Fotos DIVULGAÇÃO/TV GLOBO E ARQUIVO PESSOAL

Paola Oliveira ainda não teve descanso das provas impostas pela profissão pela qual optou. Fisioterapeuta, ela decidiu ser atriz. Depois de vários testes, foi aprovada para fazer parte de Metamorphoses (2004), uma novela da Record que só é lembrada pelos problemas nos bastidores. Pode-se dizer que ela passou em outro teste, o de escapar ilesa dessa confusão toda e conseguir um trabalho importante logo em seguida: Belíssima (2005), na Globo. Aí, viveu uma prova de fogo: num elenco que tinha Gloria Pires e Fernanda Montenegro, ela não fez feio no papel de Giovanna. Tanto que, na novela seguinte, O Profeta (2007), já era a protagonista, vivendo um novo teste, o de não decepcionar. Em 2008, no primeiro longa-metragem, tinha um papel que exigiu desprendimento para cenas de nudez e sexo em Entre Lençóis, com Reynaldo Gianecchini. Este ano, fez o filme Budapeste e, outra prova na tevê, encarna sua primeira vilã, Verônica, em Cama de Gato. Em 2010, é a personagem-título do filme Uma Professora Muito Maluquinha.

 

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS