- Anuncie
- Assine

 
 
 
Especial // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Personalidade do Ano Música
A consagração de Claudia Leitte
Musa do carnaval três semanas após dar à luz seu primeiro filho e dona de uma carreira meteórica numa trajetória de batalha e sucessos, a cantora consagra-se neste ano como uma das divas da MPB

Ana Carolina Soares e Bianca Zaramella

Fotos André Schiliró
Fotos André Schiliró

Janeiro de 2009 marcou o começo de uma etapa na vida de Claudia Leitte. Às 7h52 da manhã da terça-feira 20, na sala de parto do Hospital Aliança, em Salvador, o violão havaiano de Israel Kamakawiwo tocou “Somewhere Over the Rainbow”, no momento em que a cantora dava à luz seu primeiro filho, Davi, de seu casamento com o empresário Mário Pedreira. Três semanas depois, lá estava ela em cima do trio elétrico, enfrentando uma maratona de seis horas em quatro dias seguidos de muita folia. Nem parecia que havia passado por uma cesariana: a musa do carnaval ostentava uma silhueta impecável, cantando a plenos pulmões a música “Beijar na Boca”, que se tornou o sucesso do verão, arrebatando nove dos 11 prêmios do carnaval baiano. Com esse hit, no desfile do domingo 22 de fevereiro, ela comandou um “beijaço” entre mais de 10 mil pessoas que a seguiram no trio Os Intternacionais, no circuito Barra-Ondina. Claudia queria celebrar o amor. “Estou feliz em ter contribuído para mandar essa violência para bem longe”, disse, na época.

A cena ilustra um sucesso meteórico da jovem de 29 anos que começou a carreira como vocalista do Babado Novo em 2001. Em fevereiro de 2010, ela completa dois anos numa trajetória solo que já contabiliza um disco de ouro (50 mil cópias) e uma platina dupla (60 mil cópias). A música lançada em novembro, “As Máscaras”, oscila entre o sexto e sétimo lugar entre as mais tocadas nas rádios brasileiras.
Com tantos feitos, 2009 marca a consagração da cantora que, em sua trajetória, sempre procurou manter os pés no chão. “Um monte de gente se destacou neste ano e representá- las é incrível. Presente é aquilo que você recebe ainda que não mereça e acho que talvez tenha acontecido isso comigo”, disse, ao receber a notícia de que conquistou o prêmio Personalidade do Ano na Música de Gente.

‘‘Sou uma artista, sou corajosa e tenho prazer em aprender. Por que não atuar?”

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS