- Anuncie
- Assine

 
 
 
Carreira // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Aprendiz de cineasta
O registro das experiências do ator Bruno de Luca durante um curso na New York Film Academy vira programa no Multishow, com estreia dia 5 de dezembro

Luciane Angelo FOTOS Daniela Dacorso/ Ag. IstoÉ

O ator mostra o trabalho de conclusão do curso da New York Film Academy, com a atriz Ludmila Dayer dentro de uma limusine com banheira. "Na minha vida sempre foi assim. Nunca me chamaram, eu sempre é que me oferecei apresentando ideias", diz

Nada do tradicional álbum de fotos! Encantado com o mundo do cinema, o ator Bruno de Luca registra suas experiências mundo afora com uma câmera e ainda as transforma em programa de televisão. Sua última aventura já rendeu uma nova atração no Multishow, que estreia dia 5. Dividido em quatro capítulos, o programa Quero Ser um Cineasta é um resumo de sua temporada em Los Angeles, onde fez um curso na New York Film Academy.

Em cena, Bruno mostra o cotidiano das aulas e lugares que conheceu com um estilo descontraído bem similar ao de seu outro programa na mesma emissora Vai pra Onde. "Eu iria fazer o curso de qualquer jeito e perguntei se eles não queriam que eu gravasse, disse que estava tudo certo com autorizações de imagem e tal.

Mas não havia conseguido nada. Quando eles toparam o formato corri atrás de toda a estrutura e deu certo. Na minha vida sempre foi assim. Nunca me chamaram. Eu sempre é que me oferecei apresentando ideias e deu certo", conta. Bruno admite, porém, que toda a ansiedade para levar o projeto adiante trouxe contratempos e até um problema de saúde durante a viagem. "Logo que cheguei, me empolguei tanto que peguei até conjuntivite.

Pensei que fosse praga (risos). Alguém já viu algum apresentador com conjuntivite no ar? Tive que aparecer mesmo assim porque eu não tinha tempo para melhorar e depois gravar", diverte-se ele, que trabalha com o cinegrafista Márcio Silva. Com uma estrutura quase improvisada, na maior parte do tempo, Bruno teve que dar um jeitinho brasileiro até na hora de gravar o trabalho de conclusão de curso.

"Aluguei aquelas limusines com banheira atrás, bem desenho animado, e gravei na rua. Mas em Los Angeles você tem que ter autorização para tudo e é óbvio que eu não tinha nada... Aí fiquei horas para conseguir fazer as tomadas sem ter problemas com a polícia." Mas é exatamente a adrenalina de quem parece estar participando de uma gincana que leva Bruno a se jogar em viagens e aventuras como mochileiro profissional.

"É muito bom as pessoas não saberem quem você é, não terem um pré-julgamento, gostarem de você, ficarem com você porque foram com a sua cara e não por eu ser famoso no Brasil", diz. Mas é claro que viajar com praticamente uma mochila nas costas não é assim tão fácil. "Tem seus perrengues como dormir em aeroporto. É uma correria só para dar tempo de gravar tudo, mas o que eu aprendo, os lugares que conheço compensam todos os contras." Depois do Carnaval, Bruno volta ao ar com suas aventuras no leste Europeu na nova temporada de Vai pra Onde.

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS