- Anuncie
- Assine

 
 
 
Trajetória // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Júlio Rocha quer um Oscar
O ator, que sonha com Hollywood, se prepara para seu primeiro trabalho internacional no teatro, fala sobre o que aprendeu com a morte do irmão mais velho e que deseja ser pai num futuro próximo

Thaís Botelho

Fotos Julia Moraes/ Ag. IstoÉ
Fotos Julia Moraes/ Ag. IstoÉ
O ator no Parque Estadual Ecológico do Tietê, em Santana de Parnaíba, atrás do condomínio onde mora

Os planos profissionais são mantidos em segredo, mas Júlio Rocha não esconde o sonho dourado. No início do próximo ano, o ator embarca para os Estados Unidos para fazer sua primeira peça internacional. “Meu grande sonho é receber um Oscar”, diz com a sinceridade que a maioria dos atores com o mesmo desejo talvez não revele. “O projeto no teatro está engatilhado e também estarei focado em cinema”, revela ele, contando que Hollywood está entre seus objetivos. Antes dos planos de um futuro bom, o ator festeja a boa fase da novela Caras & Bocas, em que interpreta seu primeiro vilão, Edgar, golpista que adora partir corações. Júlio garante que do personagem não tem nada. “Fui muito mais largado chorando do que deixei e fiz chorar” confessa, com bom humor, ao lembrar as primeiras decepções amorosas. À primeira vista, a pinta de galã durão, reforçada pelo rosto marcado, corpo definido e discreta timidez, esconde a simpatia e disposição do ator que surpreendeu ao encarar várias trocas de roupas e cenários antes de concluir a longa sessão de fotos desta reportagem. “O que tiver que fazer, vamos fazer. Me admira muito certos atores que evitam fotos, autógrafos, entrevistas. Quando estudei em Nova York, pude assistir a uma peça do Denzel Washington e, quando comentei com os amigos, ficaram bastante surpresos de o cara ainda fazer teatro”, relembrou. “Além de entreter nos palcos, ele faz questão de atender o público após o espetáculo, dar autógrafos, posar para fotos. E é o Denzel, né?” reflete.

PÁGINAS :: 1 | 2 | 3 | 4 | Próxima >>


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS