- Anuncie
- Assine

 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Álbum
Isabela Garcia
Uma vida diante das câmeras

Uma pesquisa feita pela Globo sobre Celebridade (2003) trazia a protagonista da novela, Maria Clara (Malu Mader), como a mais querida do público. Em segundo lugar, vinha a sacoleira Eliete. Interpretada por Isabela Garcia, a personagem secundária acabou ganhando destaque ao longo da novela de Gilberto Braga, que considera a atriz uma de suas preferidas.

Foi numa história dele que, aos 13 anos, Isabela caiu nas graças do público. Era Maria Helena, a órfã de Água Viva (1980). Àquela época, ela já tinha nove anos de carreira. Filha do radioator Gilberto Garcia, ela começou aos 4 em um Caso Especial (1971). O primeiro papel em novelas foi em O Semideus (1973). Apesar do início precoce, conta que teve uma infância tranquila.

Um carro da emissora a buscava na escola para levá-la às gravações, onde, nos bastidores, encontrava Glória Pires, que levava canetinhas hidrocor para desenharem nos intervalos. Isabela voltaria a trabalhar com Gilberto Braga em Anos Dourados (1986) para, em seguida, protagonizar pela primeira vez uma novela, Bebê a Bordo (1988). No ano seguinte, fez O Sexo dos Anjos. Mãe de João, 21 anos, Gabriella, 17, e dos gêmeos Francisco e Bernardo, 4, ela está agora em Cama de Gato.

Fotos DIVULGAÇÃO/TV GLOBO, ARQUIVO AG.ISTOÉ e ARQU

 



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS