- Anuncie
- Assine

 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Internacional
O último adeus a Michael Jackson
O Rei do Pop foi sepultado em cerimônia restrita a familiares e amigos, com os custos pagos pelo espólio do músico

À esq., Elizabeth Taylor, uma das amigas mais próximas do cantor no enterro e Macaulay Culkin, que negou ser pai biológico de Prince II , com a namorada, Mila Kuni. Abaixo, o caixão banhado a ouro do Rei do Pop
Fotos AFP

Michael Jackson foi sepultado na noite da quinta-feira 3, em cerimônia restrita a cerca de 200 pessoas entre familiares e amigos. Foi um ponto final discreto na odisseia que já durava 70 dias, desde a tarde de 25 de junho, quando a notícia da morte repentina do cantor ganhou o mundo. Usando maquiagem especial, como se fosse “seu último show”, nas palavras do irmão Marlon Jackson ao jornal The Mirror, Michael levou com ele a luva branca que usou em suas apresentações, flores e bilhetes dos filhos, Prince I, Paris e Prince II, que escreveram mensagens como: “Nós te amamos” e “Sentimos sua falta”.

Vestindo ternos pretos, gravatas vermelhas e apenas uma luva nas mãos, os cinco irmãos do cantor carregaram o caixão. Katherine Jackson se emocionou ao lado do marido, Joseph
Fotos AFP

O silêncio no cemitério Forest Lawn, em Glendale, onde estão enterrados Clark Gable e Walt Disney, entre outros nomes importantes da cultura norte-americana, foi quebrado por música. Gladys Knight cantou a gospel “His Eye is on the Sparrow”, e Clifton Davis, “Never Can Say Goodbye”, composta por ele e que se tornou clássica na voz de Michael no Jackson 5. Quincy Jones, Elizabeth Taylor e Lisa Marie Presley, ex-mulher do cantor, estavam entre os presentes. Macaulay Culkin, que negou ser pai biológico do filho mais novo de Michael, também estava no local, acompanhado da namorada, a atriz Mila Kunis.

Prevista para ser realizada ao pôr do sol, a cerimônia começou com mais de uma hora de atraso, após a chegada dos luxuosos carros que levaram os familiares. Vestindo ternos pretos, gravatas vermelhas e apenas uma luva nas mãos, os cinco irmãos do cantor, Tito, Marlon, Jackie, Jermaine e Randy, carregaram o caixão banhado a ouro, repetindo a cena da cerimônia pública realizada em 7 de julho, no estádio Staples Center, em Los Angeles. Desta vez, os fãs foram impedidos de se aproximar do local, com ruas e espaço aéreo interditados. A cerimônia durou cerca de uma hora e teve discursos do pai, Joseph, e do reverendo e ativista dos direitos civis Al Sharpton. O mausoléu feito de concreto, inspirado no Campo Santo, na Itália, e com reproduções de obras de Michelangelo e Leonardo Da Vinci, continuará vigiado por câmeras e terá acesso restrito.

 

 

 

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>



Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS