- Anuncie
- Assine

 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Polêmica
Heranças do rei do pop
Fãs celebram a música e a dança de Michael Jackson, enquanto novos capítulos das situações obscuras às quais ele esteve associado não param de surgir

Aina Pinto

Na Calçada da Fama, em Hollywood, o santuário montado pelos fãs para Michael Jackson
Fotos ap

Depois da morte de Michael Jackson, na quinta-feira 25 de junho, aos 50 anos, percebe- se que, dentro do absurdo que foi sua trajetória, do sucesso mundial aos escândalos, permanece a coerência. O Rei do Pop continua adorado pela genialidade de sua música e sua dança e ao mesmo tempo em que histórias chocantes não deixam de aparecer.

Como era seu relacionamento com os filhos? O que o levou à morte? A polícia de Los Angeles investiga o que o matou e o resultado de um exame toxicológico será divulgado entre o final de julho e o início de agosto. A família pediu uma segunda autópsia, que seria feita em breve. O site TM Z afirmou que cresciam os rumores de que ele morreu de overdose.

De acordo com a publicação, ele tomou uma injeção de Demerol, cuja ação é semelhante à da morfina, e outros remédios logo depois. O médico particular de Jackson, Conrad Murray, disse à polícia que não ministrou remédio algum ao seu paciente.

Who's bad

Em uma de suas raras entrevistas, Jackson contou que tinha tanto medo do pai, Joseph, que sentia vontade de vomitar quando ele chegava perto e lembrava das surras que levava quando criança. Mas Jackson também não teria sido um bom pai, por outros motivos.

Foi o que revelou a ex-babá dos filhos dele, Grace Rwaramba. Em entrevista ao jornal The Times, ela contou que, certa vez, o mais novo fazia um show em casa, cantando as músicas do pai, e que todos estavam se divertindo. "Michael apareceu de repente e as crianças pareciam assustadas. Ele estava com muita raiva", disse ela, que teria feito lavagens estomacais no cantor porque ele comia pouco e tomava muitos remédios.

Ele ficava tão mal que ela proibia as crianças de vê-lo. A ex-babá revelou ainda que, após a morte dele, a mãe de Jackson, Katherine, ligou para perguntar onde ele guardava o dinheiro. Katherine entrou com requerimento para ser a responsável pelo espólio de Jackson e conseguiu a guarda provisória dos três netos.

O pedido de guarda permanente será julgado em 3 de agosto. Debbie Rowe, mãe dos dois mais velhos, Prince Michael I, de 12 anos, e Paris, de 11, revelou para o tabloide The News of the World que Jackson não é o pai deles e que a fertilização foi feita a partir do sêmen de um doador anônimo.

Fotos ap
No domingo 28, o cantor foi lembrado na cerimônia de premiação de uma emissora americana
PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS