- Anuncie
- Assine

 
 
 
Bastidores // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Titãs pela cidade
Banda grava clipe em um dos pontos centrais de São Paulo e fala sobre a convivência de 27 anos. "A gente vive em um grande 'churrascão'", brinca Paulo Miklos

Gabriel Debia colaborou Bianca Zaramella fotos Waldemir Filetti/Ag. IstoÉ

Tony Bellotto, Sérgio Britto, Branco Mello, Charles Gavin e Paulo Miklos passeiam pelo viaduto Santa Efigênia no centro paulistano
Bellotto toca sua guitarra Gibson Lespaul autografada por Jimmy Page, um de seus ídolos.
Sérgio Britto faz graça para uma produtora

Eram quase100 pessoas que andavam baratinadas na quarta-feira 3 à tarde pelo viaduto Santa Efigênia. O lugar é um dos pontos mais movimentados do centro de São Paulo, mas estava interditado para a gravação do clipe "Antes de Você", do novo trabalho dos Titãs, Sacos Plásticos, o 16º disco da banda lançado em junho. Eram figurantes que circulavam entre operadores de câmera, luz e som, comandados pelo megafone do diretor Oscar Rodrigues Alves, que também foi responsável pelo documentário Titãs - A Vida Até Parece Uma Festa.

Se o ritmo da produção era pesado, os músicos da banda seguiam numa bossa-nova. Era por volta do meio dia e Sérgio Britto, Branco Mello, Tony Bellotto, Charles Gavin e Paulo Miklos estavam reunidos em um hotel próximo ao set esperando o momento para voltar a gravar. O clima de camaradagem deixava claro que os 27 anos juntos reforçou os laços entre eles. "A gente vive em um grande 'churrascão'", brincou o guitarrista Paulo Miklos. "Almoçamos e jantamos juntos todos os fins de semana", completou.

Paulo Miklos brinca com uma das máscaras dos figurantes do clipe "Antes de Você", que ironiza os relacionamentos amorosos.

Nessas quase três décadas de encontros, os papos acabaram mudando. "Estamos mais maduros, e ao invés de festa, conversamos sobre economia e futebol, além de queixas e elogios sobre nossas famílias", disse o baterista Charles Gavin, num tom bem-humorado. O baixista Branco Mello então quis provocar, em tom de brincadeira. "Por aqui existe, especialistas neste último assunto, mas prefiro não me alongar", disse, ajeitando seus inseparáveis óculos escuros, apesar da pouca luz dentro do hotel. O tecladista Sérgio Britto, também usava o acessório. Depois, Mello explicou que eles gostam de se alfinetar só por curtição. "Se um assunto está tranquilo, não demora para alguém inventar um comentário para fazer a coisa pegar fogo", gargalhou o músico.

Mas as faíscas se apagam num gole de um bom vinho. Tamanha a paixão dos Titãs pela bebida que eles têm uma adega climatizada no ônibus da banda. "A gente curte. O Charles, por exemplo, é amante dos rosés", riu o guitarrista Tony Belloto (que é casado com a atriz Malu Mader). Para manter o fôlego na música e também na boemia, boa parte da banda pratica exercícios. Bellotto e Mello gostam de nadar e Charles Gavin pratica ioga.

Depois do almoço, acabou o papo e os Titãs voltaram a rodar suas cenas. Eles trabalharam até às 18h bem animados. Afinal, o clipe faz parte de um CD com músicas inéditas, algo que não faziam há cinco anos. "Buscamos novas referências e, por isso, ao invés de gravar em estúdio a cada dois anos, resolvemos viver a vida", diz Britto. Assim os Titãs fazem a trilha de seu carpe diem.

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS