- Anuncie
- Assine

 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Família
''É a cara do pai!''
Mel Lisboa dá à luz Bernardo, seu filho com o músico Felipe Roseno, e passa a virada do ano na maternidade

TEXTO SIMONE BLANES

DIVULGAÇÃO
“É muito bom ser mãe. Não tem como explicar”, diz a mamãe de primeira viagem Mel Lisboa

Enquanto todos se preparavam para a chegada do Ano-Novo, Mel Lisboa terminava sua espera de nove meses pelo pequeno Bernardo, que veio ao mundo na tarde de terça-feira 30, na maternidade Pró Matre, em São Paulo. O bebê, filho do músico Felipe Roseno com quem se casou em novembro, nasceu às 17h20, medindo 49 cm e pesando 3,270 quilos. “É a cara do pai! É impressionante como ele se parece com o Felipe”, diz a mais nova mamãe que teve de passar por um parto cesariana de emergência já que o bebê estava com o cordão umbilical enrolado no pescoço. “Na hora fiz todo o trabalho de parto, dilatei os 10 cm, tudo normal, mas não consegui expulsá-lo. Então tive que fazer cesariana”, explica. Bernardo nasceu sem oxigenação e teve que passar um dia na Unidade de Tratamento Intensivo, mas não demorou muito a se recuperar e logo foi para o quarto de Mel. “Foi um susto, mas está tudo bem”, conta. Por conta disso, a atriz passou o Réveillon na maternidade, ao lado da mãe e do padrasto. Já o marido teve que viajar a Campinas na noite da virada. “Felipe esteve comigo o tempo todo. Acompanhou tudo, só que na passagem de ano tinha um show que estava marcado há muito tempo com a Paula Lima”, diz. Nem a ausência do músico fez com que o Réveillon de Mel fosse menos especial. “É muito bom ser mãe. Não tem como explicar”, derretese ao falar de Bernardo. Na sexta-feira 2, mãe e filho tiveram alta e foram para casa. A atriz diz que ela e o marido ainda estão em fase de adaptação à nova rotina, mas o bebê ajuda muito já que é tranquilo. “Ele é um anjinho. Dificilmente chora, só quando tem fome mesmo. Ele dá trabalho como qualquer neném, mas o que mais faz é mamar e dormir. Quando está acordado, ele fica olhando, observando, mas é bem quietinho”, elogia a orgulhosa mamãe.

 


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS