- Anuncie
- Assine

 
 
 
Especial // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







24 Horas - A Redenção
Jack Bauer passa muito tempo parado no primeiro filme baseado na série, que liga o sexto ao sétimo e inédito dia na vida no agente

Fotos: DIVULGAÇÃO title=
Longa estrelado por Kiefer Sutherland sai em DVD e será exibido no canal Fox

A PRIMEIRA MORTE em 24 Horas - A Redenção só acontece aos 18 minutos. Jack Bauer, calminho fazendo trabalho voluntário na África, só começa a agir depois de mais de meia hora. É tempo demais de enrolação para o filme que se passa entre 15h e 17h (em tempo real, mas com longos hiatos de cinco minutos para os breaks comerciais na tevê), na vida do mais famoso agente americano.

O primeiro longa da série será lançado em DVD para locação em janeiro e vai ser exibido em 2009 no canal Fox, no Brasil. A história faz a ponte entre o sexto e o sétimo e inédito dia (que ainda não foi ao ar devido à greve dos roteiristas este ano) na vida do personagem de Kiefer Sutherland. Bauer tem de salvar um grupo de garotos recrutados para a guerrilha e, simultaneamente, a presidente Allison Taylor (Cherry Jones) toma posse em meio a uma conspiração.

Há uma crítica à atuação da ONU em zonas de risco e tudo é americano demais - o que, para os fãs da série, pouco importa, já que o que interessa é a ação frenética e os dramas do herói. E, no filme, essa ação é de pouco destaque. Uma cena emblemática pode resumir um pouco o apelo do longa. O agente tenta entrar em um lugar na embaixada, procurando por um oficial. Um soldado o impede. Ele só avisa: "Diga que é Jack Bauer". Isso basta para o oficial recebê-lo - e para os fãs. Aina Pinto


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS