- Anuncie
- Assine

 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Viagem
Rodrigo Lombardi se encanta na Índia
Escalado para viver seu primeiro protagonista em Caminho das Ìndias,o ator relembra as aventuras que dividiu com Lima Duarte durante a gravação no país, e conta que comemorou seus 29 anos na cidade do Taj Mahal

TEXTO BRUNO DEMINCO

DIVULGAÇÃO/ TV GLOBO
Lima Duarte não se arriscou, mas Rodrigo Lombardi andou de camelo

Rodrigo Lombardi pode gabar-se. Não é qualquer um que tem o privilégio de comemorar o aniversário tendo uma das sete novas maravilhas do mundo como cenário. Em 15 de outubro, quando completou 29 anos, o ator estava em Agra, que fica a 200 km de Nova Délhi, capital da Índia, e abriga o Taj Mahal. No suntuoso mausoléu ele gravava as cenas para a próxima novela da Globo, Caminho das Índias, onde interpreta Raj, um dos protagonistas da trama. Ao final das filmagens o ator foi surpreendido pelos colegas de elenco e pela produção com uma festa. "Só de estar no Taj Mahal foi sensacional. Me chamaram de surpresa, tinha até bolo, foi muito bom", lembra ele.

Fotos: DIVULGAÇÃO/ TV GLOBO
No Centro de Astronomia e Astrologia de Jaipur, o ator se encantou com o contraste entre o futuro e o moderno
Na mala de volta, saris e dupatas, tecidos típicos das vestimentas indianas

JOÃO MIGUEL JR./ TV GLOBO
No Taj Mahal, onde comemorou seu aniversário, o ator grava cena com Juliana Paes

Durante o mês que passou no Oriente ao lado de Lima Duarte, Tony Ramos, Juliana Paes, Márcio Garcia e Ísis Valverde, Rodrigo aproveitou para conhecer os principais atrativos da Índia. "Nós gravamos em todos os pontos turísticos. Foi o melhor meio de conhecer o país", conta ele. O Centro de Astronomia e Astrologia localizado na cidade de Jaipur foi um dos lugares que mais chamaram sua atenção. O museu a céu aberto traz vários maquinários bem antigos que são utilizados até hoje, como o relógio de sol. "Eles não separam astrologia de astronomia, é um pensamento só", explica o ator, que lamenta não ter feito seu mapa astral por falta de tempo.

O trânsito na Índia também é uma atração à parte, segundo Rodrigo. Ele se aventurou nos mais diferentes meios de transporte locais. "Andei de camelo, tuk tuk, que é o táxi com a moto atrás, e rickshaw, que é o da bicicleta", enumera ele. O ator ficou impressionado com as ruas, que têm três vias: uma para ir, outra para voltar e ainda a contramão. "O trânsito não pára. Atravessar a rua é uma verdadeira aventura", conta.

Na bagagem não faltaram presentes para a mulher, a maquiadora de efeitos especiais Betty Baumgarten, e o filho, Rafael, de 10 meses. Ele comprou uma escultura de um elefante feito com osso de camelo. "O animal morre e aí eles aproveitam o osso. Só comprei quando soube disso", ressalta. Também trouxe os coloridos saris e dupatas, tecidos que compõem os trajes tipicamente indianos, além de algumas colchas de cama.

 

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>

Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS