- Anuncie
- Assine

 
 
 
Cinema // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







A Força da Amizade
Três grandes atrizes de Hollywood carregam produção morna nas costas

Christian Petermann

Jessica Lange, Joan Allen e Kathy Bates em cena

O CONVITE parece irresistível: em A Força da Amizade, três grandes atrizes de Hollywood levam o espectador a uma viagem que parte de Idaho e vai até a Califórnia a bordo de um conversível Bonneville (o título original do filme). Ninguém menos do que Jessica Lange (Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas), Kathy Bates (Louca Obsessão) e Joan Allen (da trilogia Bourne) interpretam amigas que empreendem esta jornada para levar as cinzas do marido de uma delas até seu destino final. Durante o trajeto, elas aprendem mais algumas verdades sobre a vida, a amizade, a saudade e a morte.

Ao mesmo tempo que é sempre enriquecedor acompanhar três carismáticos talentos da interpretação, deseja-se também que o roteiro que as uniu lhes faça jus. Infelizmente, não é o que acontece aqui: a direção de Christopher N. Rowley e o roteiro de Daniel D. Davis, ambos estreantes em suas funções, não alçam vôo além da banalidade, com emoções préfabricadas e uma narrativa de cartilha. Essa variação comportada e madura de Thelma & Louise, indicada para espectadores mais velhos, oferece belas paisagens norte-americanas e bons momentos do trio protagonista, mas falha em dar densidade e sinceridade à sua trama. (Classificação Indicativa: a conferir)


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff - Media Solutions