- Anuncie
- Assine

 
 
 
Reportagens // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 







Romance
''Está rolando''
Luana Piovani fala sobre a volta com o ex-namorado Dado Dolabella durante o lançamento de seu próximo filme, no qual interpretará uma mulher submissa

TEXTO SIMONE BLANES FOTO CLEIBY TREVISAN/AG. ISTOÉ

“Estou vivendo. Se minha mãe me perguntasse se voltamos, não saberia responder”, diz Luana, no lançamento do longa Família Vende Tudo, em São Paulo

Luana Piovani é gente como a gente. Vive em uma correria lascada para dar conta de seus inúmeros compromissos profissionais, toma gotinhas de floral para controlar a ansiedade e, como qualquer mortal, tem curiosidade sobre a intimidade de seus ídolos. “Fui atrás de revista só para saber de namoro entre celebridades. Uma vez publicaram uma foto de Brad Pitt e Gwyneth Paltrow se beijando em uma varanda e eu saí correndo para comprar”, lembra ela. “É normal as pessoas quererem saber de gente famosa e eu escolhi essa profissão, né? É um preço que tenho que pagar, mas até aí não vou deixar de viver. Como diria Nietzsche: “humano é demasiado humano”, filosofa, antes de responder com naturalidade sobre a volta com o ator Dado Dolabella, de quem estava separada desde fevereiro de 2007 e é companhia constante nos últimos dias. “Estou vivendo. Se minha mãe me perguntasse se voltamos, não saberia responder. Nem eu sei se estamos namorando. A gente se encontrou e rolou. Está rolando. Dado é tudo, é incrível”, contou a atriz na terça-feira 27, em São Paulo, durante a apresentação de seu novo filme Família Vende Tudo, que tem também Lima Duarte, Caco Ciocler e Vera Holtz no elenco.

Várias facetas
Se na vida real Luana está vivendo um relacionamento leve, sem rótulos, na ficção ela prepara-se para interpretar uma mulher subserviente. No longa-metragem de Alain Fresnot, ela será Jennifer, uma mãe de família casada com um cantor brega, interpretado por Caco Ciocler, que não compareceu ao lançamento em São Paulo por conta das gravações da novela Beleza Pura. “Achei ótimo alguém me chamar para fazer uma mulher submissa e infeliz. É o oposto do que fiz em Mulher Invisível. Já estou me preparando. Vou clarear os cabelos e fazer bronzeamento artificial para encarnar a personagem”, adianta a atriz. Enquanto não começam as filmagens, Luana se ocupa em produzir duas peças no teatro, segundo ela, sua grande paixão. “Estou trabalhando em um monólogo chamado Pássaro da Noite e no espetáculo infantil O Soldadinho e a Bailarina, que estréia em 2009”, antecipa ela, que atuará em ambos os espetáculos. Além disso, ela está confirmada para emprestar sua voz e suas feições ao filme de animação Procura-me, de Eduardo Gurman, no qual interpretará uma misteriosa assassina. Mais uma faceta da atriz Luana, que, longe das câmeras e dos palcos, procura levar a vida como qualquer pessoa comum, sem se importar com a curiosidade alheia.


Copyright © 2008 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff - Media Solutions