- Anuncie
- Assine

 
 
 
Capa // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


Hebe Camargo casa de histórias
Com exclusividade para Gente, a apresentadora do SBT narra o dia-a-dia na mansão em que mora há oito anos e diz que não imaginava viver tantas alegrias a um ano de completar 80

TEXTO ANA CAROLINA SOARES E GISELE VITÓRIA
FOTOS PAULO VITALE


A primeira-dama da televisão em seu living, perto do jardim. Além dos amigos o lugar é freqüentado por Chamboca, uma galinha d`angola de estimação

Há dois meses, a galinha Chamboca foi atacada pelos cães e, operada, passou a noite na suíte de Hebe

A galinha-d'angola zanzando sem cerimônia na sala luxuosa parecia coisa de filme felliniano. Foi a primeira cena a chamar a atenção na chegada à casa de Hebe Camargo, no bairro do Morumbi, em São Paulo. No living decorado com alguma inspiração greco-romana, a apresentadora circulava dando orientações, com a ave a um metro de seus calcanhares. Salto alto, cabelo arrumadíssimo, jóias, apresentava-se exatamente como em seu programa no SBT. "Em toda a minha vida, nunca a vi despenteada", diria uma hora depois o sobrinho Cláudio Pessutti, empresário dela há 17 anos. Com seu fiel cozinheiro Eudes pelas proximidades, Hebe palpitava ao fotógrafo e dois assistentes sobre o melhor ângulo para clicá-la, enquanto o som estridente da galinha-d'angola sobressaía num permanente "Tô fraco, tô fraco". Em certo momento, a algazarra da mascote incomodou a apresentadora: "Chamboca! Quieta!". Imediatamente, a ave baixou a cabeça e procurou seu rumo em direção ao jardim, como um obediente Rex. Surpresa com a reação quase que de um cão adestrado, ela soltou sua tradicional gargalhada: "Foi pura coincidência".

"Às vezes, penso: 'Meu Deus... Isso tudo é meu! E inclusive... está pago..."

Presente de Eudes (que nunca intencionou levá-la ao fogão), Chamboca é a mais recente alegria de Hebe. "Aos 79 anos, estou passando pelo melhor momento da minha vida", ela diz. "Não imaginava, nessa idade, viver tantas coisas boas." A casa estampa essa felicidade: o som ambiente no jardim constantemente ligado ecoa músicas de Roberto Carlos, canções portuguesas e italianas para todos os cômodos (e também para a vizinhança). Pelo menos uma vez por semana, os cerca de 15 sofás da residência acolhem os amigos brasileiros e estrangeiros, como Fausto Silva e Julio Iglesias. E os prêmios, incontáveis, ganharam uma sala só para eles. Menos as estatuetas do Troféu Imprensa, que ficam na biblioteca. "Meu programa não é nada novo, é o que sempre fiz e, de repente, aos 79 anos, recebo todas as homenagens: internautas me colocando lá em cima, crianças, jornalistas... Às vezes me pergunto: Será que tudo é verdade?"

A apresentadora escolheu os lustres, os quadros e importou de Las Vegas a mesa que se destaca na sala decorada por João Armentano
PÁGINAS :: 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | Próxima >>


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS