Rio de Janeiro Musas • Home• Revista 6/2/2008
"Joguei água benta nos pés"
Fantasiada de guerreira japonesa, Natália Guimarães driblou o nervosismo de estreante e seduziu o público no sambódromo

CLAUDIO GATTI/ AG.ISTOÉ
"Que namorado? Eu sou miss Brasil. Sou namorada do Brasil", desconversa a miss sobre seu relacionamento com o governador Aécio Neves

Até mesmo uma miss acostumada com o glamour das passarelas fica com a emoção à flor da pele quando estréia na Marquês de Sapucaí. Natália Guimarães não conseguia disfarçar o nervosismo poucos minutos antes de debutar como madrinha da bateria da Vila Isabel. Com as mãos frias e o coração disparado, a miss Brasil desembarcou na avenida com a missão de seduzir o público que lotava o sambódromo à frente dos ritmistas da agremiação na segunda-feira 4.

As aulas de samba com a passista Dandara Machado pareceram ter surtido efeito. Linda dentro de uma fantasia de guerreira japonesa, composta por 1.100 penas de faisão e 15 mil cristais Swarovski, Natália não decepcionou em sua primeira passagem pelo sambódromo. Deslizou com graça e leveza, acompanhando atentamente todos as marcações da coreografia feitas por Dandara, que a escoltava em um dos lados da pista. "Joguei água benta nos pés, fiz uma oração a Nossa Senhora Aparecida pedindo proteção, e vou levar comigo minha medalhinha, que não largo por nada", confessou, na concentração.

Poucas horas antes, no camarote da Vila Isabel, a espera pelo sonhado momento parecia uma eternidade. Lá ela se maquiou e treinou um pouco alguns passos de samba sobre a bota de 12 centímetros de salto com que encarou os 700 metros da Sapucaí. Questionada mais uma vez sobre o suposto relacionamento com o governador mineiro Aécio Neves, desconversou: "Que namorado? Eu sou miss Brasil. Sou namorada do Brasil." (FÁBIO TORRES)