Cinema • Home• Revista 6/2/2008
Festival de Berlim
Tropa de Elite disputa o Urso de Ouro
A produção brasileira concorre com 26 produções de 17 países na mostra oficial"

Envie esta matéria para um amigo
DAVID PRICHARD
Wagner Moura, em Tropa de Elite, que concorre em Berlim

Festival de Berlim
Um evento que tem como destaque os Rolling Stones e Madonna começa no dia 7 de fevereiro. Não, não estamos falando do Grammy e sim da 58ª Berlinale, o tradicional Festival Internacional de Cinema de Berlim, que este ano traz em sua programação vários filmes de ou sobre músicos, além do brasileiríssimo Tropa de Elite, de José Padilha, em disputa pelo Urso de Ouro.

Leia também

Cinema
Exposição
Música
Livros
Teatro
Internet
Televisão
Gastronomia

Entre as produções que passeiam pelo mundo da música está o documentário Shine a Light, de Martin Scorsese, que tem Mick Jagger e companhia como protagonistas, e será apresentado na noite de abertura do evento. Há ainda a estréia de Madonna como cineasta, em Filth and Wisdom, que retrata uma banda de gypsy punk e está na mostra paralela Panorama. Ícone do punk, Patti Smith é tema do documentário Patti Smith: Dream of Life, de Steven Sebring.

E até Walter Salles entrou na dança e produziu Café de los Maestros, do diretor argentino Miguel Kohan, um filme sobre o tango. Na linha musical também está o brasileiro Maré, Nossa História de Amor, de Lucia Murat, uma adaptação cantada de Romeu e Julieta, ambientada em uma favela do Rio de Janeiro

Tropa de Elite vai concorrer na mostra oficial com 26 produções de 17 países e deixou de participar do Festival de Sundance, para o qual havia sido selecionado, para apostar as fichas no festival alemão.

Berlinale será encerrada no dia 17 de fevereiro com Be Kind Rewind (estréia internacional, fora de competição) de Michel Gondry, com Jack Black. Marina Monzillo