Gastronomia • Home• Revista 29/1/2008
Drinks
Muito além da caipirinha
Bares investem em coquetéis à base de frutas e hortelã para refrescar o verão

O barman Derivan de Souza e uma de suas oito criações de verão, os drinks inspirados na cultura peruana do Shimo (à esq.) e o colorido "Maitai", servido no happy hour do Praça São Lourenço (à dir.)

Leia também

Cinema
Exposição
Música
Livros
Teatro
Internet
Televisão
Gastronomia

Foi-se o tempo em que drink colorido e enfeitado era bebida de mulher. Nos bares e restaurantes mais descolados, os homens não hesitam em pedir, por exemplo, um cor-de-rosa "Cosmopolitan", enquanto as clientes tomam uísque. "Não existe mais divisão", afirma o barman Derivan de Souza, do Esch Café.

Mas no país da caipirinha, há espaço para outras invenções se tornarem populares? "O brasileiro sempre consumiu drink sem saber que era drink. Nos anos 70, surgiu a moda da batida, que nada mais é do que um coquetel. Existe uma cultura disso por aqui", diz o barman.

Derivan, que tem mais de 30 anos de experiência e diversos prêmios no currículo, criou com sua equipe oito criativos drinks especiais para o verão. "São refrescantes, isso significa muitas frutas tropicais, hortelã, frozen e espuma (espécie de chantilly de fruta)", explica ele. O campeão de pedidos no Esch é o "Ilha Bela", à base de tangerina. "Não é um drink chamativo como uma Carmen Miranda, tem classe", diz.

Além do Esch, também o Santo Grão lançou uma carta de coquetéis para a estação. Há misturas estilosas como o "Bubbles" (vodca, purê de framboesa, Chandon Rosé e blueberries) e o "Tagaragadá" (Absolut Citron, suco de abacaxi, xarope de maçã verde e picolé de limão), e opções sem álcool.

Drinks não-alcóolicos são o forte também do Bar do Shimo, que foi buscar na cultura peruana a inspiração para sua coquetelaria. As novidades incluem as "Chichas", bebidas à base de milho criadas pelos povos indígenas. Já no Praça São Lourenço, que agora tem happy hour, o destaque é o "Maitai" (Bacardi superior, suco de abacaxi e groselha). Marina Monzillo

Esch Café - al. Lorena, 1.899, tel. (11) 3062 2285
Santo Grão - r. Oscar Freire, 413, tel. (11) 3082-9969
Shimo - r. Jerônimo da Veiga, 74 , tel. (11) 3167-2222
Praça São Lourenço - r. Casa do Ator, 608, tel. (11) 3044-1434