Cinema • Home• Revista 22/1/2008
Nicolas Cage
Nova caça ao tesouro
Na seqüência de A Lenda do Tesouro Perdido, ele tenta desvendar os mistérios em torno do assassinato de Abraham Lincoln

Envie esta matéria para um amigo
Nicolas Cage em A Lenda do Tesouro Perdido: Livro dos Segredos: arqueólogo, historiador e caçador de tesouros
Nicolas Cage está de volta ao personagem Ben Gates, misto de arqueólogo, historiador e caçador de tesouros que fez sucesso em A Lenda do Tesouro Perdido, de 2004, ao roubar a Declaração de Independência. Em A Lenda do Tesouro Perdido: Livro dos Segredos, Gates tenta desvendar os mistérios que ainda envolvem o assassinato do presidente Abraham Lincoln. “Eu não tinha nenhuma expectativa para o primeiro filme e fiquei bastante surpreso, positivamente, por ele ter tomado o rumo que tomou e, sim, eu fiquei muito feliz de ter a chance de fazer um personagem tão legal de novo”, diz. É a sexta vez que ele trabalha com o produtor Jerry Bruckheimer, um dos mais poderosos em Hollywood atualmente.

Leia também

Cinema
Exposição
Música
Livros
Teatro
Internet
Televisão
Gastronomia

Ao lado de Cage estão pesospesados da atuação, como Jon Voight, que interpreta seu pai, Helen Mirren, que faz sua mãe, Harvey Keitel e Ed Harris. O ator de 44 anos diz que não temeu a concorrência. “Uma das coisas mais horríveis sobre atores de cinema é quando eles competem entre si e se preocupam em aparecer mais”, diz. “Para mim, isso é meio adolescente e me faz não querer ser um ator. Então eu tento fazer tudo que posso para não ser assim.”

Entre os próximos filmes de Nicolas Cage estão o drama Knowing, de Alex Proyas, e a ação Bangkok Dangerous, de Oxide Pang Chun e Danny Pang. Mas ele não descarta uma terceira edição de A Lenda do Tesouro Perdido.