Televisão • Home• Revista 22/1/2008
American Idol
Ídolo número 7
A sétima temporada de American Idol chega ao Brasil na quarta 23, no Sony, com exibições às quartas e quintas, às 21h. A competição, que a cada edição escolhe um novo nome da música, transformou em ídolos seu apresentador, jurados e alguns participantes

Envie esta matéria para um amigo
Randy Jackson (à esq.), Simon Cowell e Paula Abdul, jurados do American Idol

American Idol
O APRESENTADOR Ryan Seacrest está à frente do programa pela sétima vez. Recentemente, ele apareceu numa engraçada ponta no filme Ligeiramente Grávidos. Ele também apresenta o E! News, as coberturas de tapete vermelho para o canal E! e o programa de rádio On Air with Ryan Seacrest, além de ser co-proprietário dos restaurantes Katana, Sushi Roku e Boa, em Los Angeles.

Leia também

Cinema
Exposição
Música
Livros
Teatro
Internet
Televisão
Gastronomia

OS JURADOS A mais conhecida é Paula Abdul, cantora que vendeu mais de 30 milhões de discos. Está lucrando com sua fama de jurada boazinha: depois de criar uma jóia de boa sorte para os concorrentes, lançou uma linha com pingentes e amuletos. Randy Jackson é famoso como músico e produtor e já trabalhou em álbuns que venderam mais de 200 milhões de cópias. A verdadeira alma do trio é o exigente produtor Simon Cowell, cujo mais novo projeto é inspirado no filme Fama.

ÍDOLOS O American Idol costuma realmente transformar participantes em ídolos. Kelly Clarkson, vencedora da primeira edição, vendeu mais de 11 milhões de seus três álbuns. Carrie Underwood, que ganhou o Idol 4, tem dois CDs, totalizando mais de 6 milhões de cópias. Clay Aiken, segundo lugar na segunda temporada, chegou perto dos 5 milhões. E Chris Daughtry, quarto lugar no Idol 5, lançou o disco mais vendido em 2007: 3,2 milhões de exemplares.