- Anuncie
- Assine

 
 
 
Capa // Home
 
- Edição Atual
- Anteriores
 
- Imagens
- Frases
- Urgente
- Moda
- Estilo
- Fernanda Barbosa
- Paulo Borges
- Agito
- Aconteceu
- Celebridade
- Reportagens
 
- Cinema
- Música
- Livros
- Teatro
- Gastronomia
- Televisão
 

Atualize-se com a
IstoÉ Gente!




- Fale Conosco
- Expediente
- Anuncie
- Assine
- Loja 3
 

 


A reviravolta de Luiza
Prestes a fazer 46 anos, ela perdeu sete quilos, resgatou o corpo escultural, voltou à tevê e há quatro meses separou-se do marido após 24 anos de casamento. Mas não descarta uma reconciliação

TEXTO CLÁUDIA FONTOURA E GISELE VITÓRIA Ensaio EDU LOPES

Dona de formas perfeitas, Luiza adotou as próteses de silicone de 150 ml após o nascimento dos filhos e agora planeja abrir mão delas. "Não quero mais ter peitão", diverte-se

Faltavam dois minutos para a meia-noite, e antes que 24 toneladas de fogos de artifício espocassem no céu de Copacabana, Luiza Brunet ligou para o ex-marido, o empresário Armando Fernandez, com quem viveu por 24 anos. Separados há quatro meses, ela passava a noite do Réveillon no Copacabana Palace com a filha Yasmin, e ele em Búzios, com o filho Antônio, de 9 anos. Armando atendeu a ligação e, com a voz mansa, disse: "Quero que você seja muito feliz". Luiza riu. "Eu respondi: 'Você também'. Mas senti que ele está magoado". Desde que se separaram, Luiza não viu mais Armando. Apenas se falam por telefone. "Ele está me esnobando", brinca. "Estamos nos falando o mínimo possível."

Aos 45 anos, a ex-modelo e musa dos anos 80 vive uma reviravolta. Bronzeada e sete quilos mais magra, ela exibe o resultado de uma vida inteira de cuidados com o corpo. Os quilinhos que ganhou nos últimos anos, perdeu após seguir à risca uma dieta sob orientação da médica especialista em medicina ortomolecular Heloísa Rocha. "Comecei em março de 2007 e em maio já estava quatro quilos mais magra", conta. Ela faz caminhadas de 10 km em ritmo intenso e musculação. "Acordo cedo e ando bem rápido no calçadão por uma hora", diz. Sua rotina também inclui massagens e, nos últimos meses, aulas de samba para fazer bonito na Sapucaí. Depois de dois anos longe da avenida, Luiza aceitou retornar ao posto de rainha da bateria da Imperatriz Leopoldinense. "Quis fazer as aulas porque estava meio dura depois de dois anos longe do Carnaval e é um ótimo exercício", diz.

"Preciso ficar sozinha um tempo, como toda mulher que se separa. É uma bobagem engrenar qualquer relacionamento. Não me sinto separada ainda, definitivamente"
''RAPAZES JOVENS? JAMAIS, NÃO TEM A VER COMIGO.VOCÊ NUNCA VAI ME VER. PODE ESCREVER. NÃO TENHO O MENOR INTERESSE.''

O resgate do corpo escultural que a projetou internacionalmente aos 19 anos parece ter desencadeado um furacão de acontecimentos em 2007. "Tudo começou depois que emagreci. Participei da São Paulo Fashion Week e, de lá para cá, venho aparecendo mais." Foi um ano de grande exposição, especialmente por causa da participação no quadro Dança no Gelo e também na novela Duas Caras, em que interpretou a si mesma numa cena na Portelinha. "Foi incrível. Me senti super à vontade na cena com o Fagundes", conta ela.

Uma Luiza Brunet transparente falou à Gente sobre sua nova fase. Segura e com a auto-estima nas alturas, abordou o vitiligo, doença que a acompanha desde os dois anos de idade - e que avançou após o nascimento de Antônio - e de como a tatuagem tornou-se uma aliada para esconder algumas das marcas. Ao longo dos 45 anos, contabiliza poucas intervenções cirúrgicas. Adotou as próteses de silicone após o nascimento de Yasmin e as trocou antes mesmo da chegada de Antônio. Agora, planeja abrir mão delas. "Não quero mais ter peitão", diverte- se. Por orientação da dermatologista, submete-se a aplicações de botox anualmente. "Só fiz duas. Quero envelhecer com dignidade, sem ficar deformada."

Apesar da crise no casamento, Luiza está inteira. Conta que sente falta do companheiro por 24 anos, mas tem gostado da nova fase. "Preciso ficar sozinha um tempo, como toda mulher que se separa. É uma bobagem engrenar qualquer relacionamento e não seria o caso. Eu não me sinto separada ainda, definitivamente."

Houve um dia em que você mais sofreu com a separação?
Não teve um dia. Quando você vai nesse processo de ir se separando você sofre todo dia um pouquinho.

Como foi o dia em que Armando saiu de casa?
No dia em que ele saiu de casa eu estava patinando (no treinamento para o quadro Dança no Gelo, do Faustão). Quando cheguei, vi o armário dele vazio. Meu closet é aberto, e quando entrei no quarto, pá! Vi imediatamente o espaço dele vazio. Perguntei para a empregada e ela contou que o Armando tinha estado lá e levado tudo em uma hora. Achei estranho e pensei: "Nossa! agora acho que é definitivo". Não lembro exatamente o dia, era um dia de semana. Peguei umas roupas minhas e imediatamente coloquei no armário vazio.

Você ligou para ele?
Liguei mas ele não atendeu. Desligou o celular. Sempre que a gente briga ele desliga o celular. Ele corta a comunicação.

Vocês já tinham se separado antes. O que foi diferente?
Nos separamos outras duas vezes, mas ele não tinha levado todas as coisas pessoais. É a primeira vez que ele leva tudo. Eu não vejo Armando desde que a gente se separou. Desde aquele dia, eu acordei, saí e quando voltei, não o vi mais. Ele não quer me ver. Ele está com raiva de mim. Quando você se separa, cada casal encontra o seu processo.

PÁGINAS :: 1 | 2 | 3 | Próxima >>


Copyright © 2009 - Editora Três Ltda. - Todos os direitos reservados.
É proibida a reprodução total ou parcial deste website, em qualquer meio de comunicação, sem prévia autorização.
ContentStuff Media Solutions | Gestão de Conteúdo | CMS