Livros • Home• Revista 8/1/2008
ROMANCE
O Castelo na Floresta
Obra derradeira de Norman Mailer tem história sobre Adolf Hitler ofuscada por narrador-demônio

Marina Monzillo

Envie esta matéria para um amigo
Fotos: AP
Norman Mailer narra a infância do líder nazista em texto com ares de investigação históri


O CASTELO NA FLORESTA (Companhia das Letras, 430 págs., R$ 55) é a derradeira obra do escritor norte-americano Norman Mailer, morto em novembro passado, aos 84 anos. É também o primeiro livro do autor publicado em dez anos e traz uma premissa instigante: Mailer, que já enfrentou em sua literatura Jesus Cristo, Marilyn Monroe, Picasso e Muhammad Ali, entre outros, volta-se para Adolf Hitler, mais precisamente para a infância e juventude do führer.

O romance possui ares de investigação histórica, com a árvore genealógica de Hitler, desde os avós e tios, passando principalmente pelos pais, até o nascimento do pequeno Adolf. Descobrimos que o futuro líder nazista foi fruto de uma série de incestos, prática comum na Áustria rural do século 19 e início do 20, período coberto pela narrativa.

Mas a audácia tão característica de Mailer se apresenta quando é revelado que aquele que vem contando os fatos é, na verdade, um diabo a mando de Satã, encarnado no soldado nazista Dieter. Esse detalhe acaba criando uma certa confusão narrativa que ofusca a tese, bem plausível, sobre como transcorreram os primeiros anos de Hitler e como, a partir das brincadeiras de guerra com os vizinhos e dos traços de crueldade infantil, desenvolveu-se um dos personagens mais monstruosos e marcantes da história mundial.