Capa • Home• Revista 2/1/2008
"O segredo é muito amor e linha dura"
Em Punta Del Este, Fernanda Lima conta como vai criar os filhos gêmeos, que ainda não têm os nomes escolhidos, e diz que só descobriu o prazer da gravidez a partir do quinto mês

TEXTO LUCIANA FRANCA, DE PUNTA DEL ESTE FOTOS FABIANO CERCHIARI/AG. ISTOÉ

Envie esta matéria para um amigo
Com a barriguinha de cinco meses despontando, Fernanda Lima foi a estrela da festa da Lacoste, em Punta del Este

A adolescente gaúcha que freqüentava as praias de Punta del Este, onde seu pai costumava alugar casa nas férias de verão, ficou no passado. Aos 30 anos, Fernanda Lima retornou ao balneário uruguaio, 15 anos depois, em um momento especial. A atriz e apresentadora está esplendorosa. Aos cinco meses de gestação dos filhos gêmeos – verdadeira sobrevivente da nefasta fase de enjôos –, ela finalmente descobriu o prazer de estar grávida. “Comecei a gostar da brincadeira. No começo estava meio triste, o enjôo é bravo. Cai a pressão, cheguei a desmaiar. Mas passou”, conta, mostrando cicatrizes nas mãos por conta de um desmaio seguido por uma queda na porta de uma farmácia, quando foi buscar alívio para as náuseas.

Antes que a chegada dos meninos, prevista para abril, provoque uma revolução na vida de Fernanda, ela mostra que pequenas coisas já estão mudando com a gravidez. Adepta de uma alimentação saudável, ela surpreende ao pedir um copo de refrigerante. “Eu não gostava, mas agora estou curtindo um refrigerantizinho”, divertia-se, à beira da praia José Ignacio, a mais badalada de Punta. A apresentadora bebericava o líquido gasoso na sexta-feira 28, durante a festa da grife Lacoste, na qual era a estrela brasileira convidada para a comemoração dos 75 anos da marca. Ela foi acompanhada dos pais, Maria Tereza e Cleomar Lima, já que o marido, o ator Rodrigo Hilbert, estava gravando a novela Duas Caras. O vestido dourado e largo usado por ela – presente de Natal dado à sua mãe e que não agradou – mostrava pouco a barriga que já desponta. “Fernanda está muito bem e mais bonita, com o rosto arredondado”, diz a futura vovó.

Casa das sogras
Uma mudança mais notável do que o gosto pela Coca-Cola aconteceu na residência no Rio, onde a apresentadora mora com Hilbert. “Eu não me preparei para ter filho. Fiz uma casa para solteira. Estamos nos adaptando”, conta ela. Além de ter reformado e pintado de branco um quarto para os meninos, Fernanda construiu em seu terreno uma casa para receber as avós das crianças. “Fiz a casa das sogras, a 15 metros da minha. Se a minha mãe ou a do Rodrigo quiserem morar um tempo com a gente, será um prazer.”

Mas ela deixa claro que a presença das avós não será sinônimo de paparico. “Vou ser uma mãe durona. Não gosto de criança mimada, que faz o que quer, toma conta de tudo. É irritante. Tem de educar bem desde o início, tenho certeza de que farei isso bem.” Quanto a Rodrigo, a apresentadora já não tem tanta certeza se ele compartilhará da mesma rigidez. “Acho que ele vai ser mais meloso porque são meninos. Mas tanto eu como ele fomos criados da mesma forma e esse é o segredo: muito amor e linha dura.” Liberdade será outro alicerce na criação dos gêmeos. O casal, que vive em um terreno de mil metros quadrados, vai proporcionar aos filhos privilégios raros na cidade grande. Os meninos terão espaço para correr pela grama, árvores para subir e terão até um tanque de areia e uma piscininha que Fernanda pretende providenciar.

Quanto ao método de educação não há dúvida, mas o casal não chegou a um acordo sobre os nomes dos filhos. “Paramos um pouco de falar sobre isso para não dar briga. Tem hora que queremos nomes curtos, em outra, maiores. Pensamos em colocar os nomes de nossos avôs. É uma escolha difícil”, diz. O tipo de parto não foi definido. “Se pudesse fazer dentro d’água, eu faria. Mas com dois não é bem assim. O parto vai ser como eles quiserem, os meninos mandam.”

No Uruguai, a apresentadora recebe o carinho dos pais, Cleomar e Maria Tereza Lima

Marido zeloso
Fernanda não é uma grávida que devora livros sobre o tema. “Leio um pouco, não quero ficar Ph.D., quero deixar a natureza agir.” Na dúvida, recorre ao médico. O especialista também tem a função de tranqüilizar o futuro papai. Se dependesse dos conselhos do marido, Fernanda não poderia carregar sua própria bolsa. Ele também tenta convencer a mulher a evitar a natação ou brincar com cachorro e telefona para lembrá-la de tomar ferro em cápsula. Como passaram o Natal separados, Hilbert levou na bagagem para Santa Catarina o DVD da ultrasonografia da mulher para mostrar à família, que caiu em prantos de emoção. A apresentadora foi para Porto Alegre (RS) com as fotos dos bebês em 3D para provar que um deles, o que não estava escondendo o rosto com as mãos, puxou à mãe. “Coloquei a foto no celular e todo mundo o acha parecido comigo”, derrete-se a durona futura mamãe.

No sábado 29, dois flagras de Fernanda: café no aeroporto de Montevidéu e desembarque em São Paulo

"COMECEI A GOSTAR DA BRINCADEIRA.NO COMEÇO ESTAVA MEIO TRISTE,O ENJÔO É BRAVO"
FERNANDA LIMA

PÁGINAS :: 1 | 2 | Próxima >>