CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 ENSAIO FOTOGRÁFICO
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 REPORTAGENS
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 EXCLUSIVAS
 INTERNACIONAIS
 INTERNET
 CLICK
 SERVIÇOS
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 ASSINATURAS
 EXPEDIENTE
 PUBLICIDADE
 FALE CONOSCO
 ASSINE NEWSLETTER
 BUSCA
 

02/04/2001

PASSARELAS

DANIELA CICARELLI
Eleita pelo partidão
Namorada de João Paulo Diniz, herdeiro do grupo Pão de Açúcar, a modelo ficou famosa pelo beijo no comercial
da Pepsi e recusa convites para posar nua

Marianne Piemonte

Piti Reali
“Sei quem são o pai e o irmão dele”, diz Antônio Lemos, o pai

Desde que o comercial da Pepsi apareceu na tevê, em março, a bela morena – que suga, com um beijo, a última gota do refrigerante da boca de um rapaz na praia – não tem um dia de folga. Daniela Cicarelli, 22 anos, está nos catálogos das principais grifes do País e em breve invadirá outra vez as telas.

No próximo filme, de um creme dental, ela repete o beijo avassalador. “Pintaram mais dois clientes na agência propondo trabalho com beijo. Pedi para colocarem um preço bem alto, senão vou ficar com fama de beijoqueira”, brinca Daniela.

Há um ano em São Paulo, esta mineira de Belo Horizonte conseguiu muito mais do que ficar famosa com comerciais. Daniela namora há três meses o melhor partido da capital paulista, o empresário João Paulo Diniz, 37 anos, herdeiro do grupo Pão de Açúcar. “Não o enxergo dessa forma, vejo-o com outros olhos”, diz a modelo, que ainda não o apresentou aos pais. “Sei quem são o pai e o irmão dele, tenho certeza que minha filha está com alguém de nível”, aprova Antônio de Pádua Lemos, comerciante, 44 anos.

Diferente da maioria das modelos que sonham com carreira internacional, Daniela pretende ficar no País. Quando muito, vislumbra Miami (EUA). “Lá eles usam muito modelos como eu, com perfil mais comercial. Adoro aquela cidade”, afirma.

Tímida, recusou convites para posar nua e garante que nunca irá aceitá-los. “Meu pai ia morrer do coração”, acredita. Por sorte, o comercial da Pepsi não passa em sua cidade natal. Assim, Antônio está livre de piadinhas. “Bobagem dela, porque não sou ciumento. Acho legal o humor que envolve os trabalhos da minha filha”, tranqüiliza o pai.

 

Comente esta matéria

EDIÇÃO 87
 

NUMEROLOGIA
 

TARÔ ONLINE
 

HORÓSCOPO
 
 
 
ENQUETE
Qual das apresentadoras você prefere:
• Adriane Galisteu, do É Show
• Luciana Gimenez, do Superpop
:: VOTAR ::
 
FÓRUM I
O que você acha de famosos que, após desfrutar do sucesso por causa de uma entrevista no passado, desmentem, agora, as declarações que estão no livro lançado pelo jornalista Palmério Dória?

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ÁGUA NA BOCA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2001 Editora Três