CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 CLICK
 BUSCA


Femininas e sensuais, são as maiores
e com espessura fina que começam a
dar suas voltas no figurino feminino

Texto e edição: Erica Benute

Círculo da beleza

O mundo gira e, de tempos em tempos, as argolas resolvem circular de novo. E este fim de inverno já anuncia: um dos hits para a primavera-verão serão os brincos de argolas. “É o tema que está em evidência agora e que vem complementar a onda de feminilidade que está em alta”, diz a designer de jóias da Natan, Miriam Kimelblat. Para ela, as argolas são a cara da mulher brasileira: despojadas e sensuais. “Elas combinam com tudo: rosto fino, largo, morenas, loiras, decotes, golas rulês, em qualquer estação e em qualquer idade”, garante Miriam. Mas tanta abrangência pode criar pequenos escorregões. Por exemplo, o tamanho dos brincos. Estão em alta os grandes, entre 4 e 8 centímetros. Porém, circunferência e espessura são inversamente proporcionais. Quanto maior a argola, mais fina deve ser sua espessura. Outra dica da designer é não pecar pelo excesso. Quem usa argolas não deve colocar gargantilhas, broches ou adereços que roubem a atenção. “Prefira pulseiras e anéis ”, sintetiza Miriam.

Clique nos ícones para ver as fotos

 

 



| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA |ÁGUA NA BOCA |EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2000 Editora Três