CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 CLICK
 BUSCA

*Assista ao trailer do filme
[ 28k ] [ 56k ] [ Banda Larga]
É necessário ter instalado o plug-in Windows Media Player

Drama

Quase Nada
Sérgio Rezende acerta a mão em produção simples e barata

Alessandro Giannini

Divulgação
Caio Junqueira, em Machado:
elo fraco

Habituado aos orçamentos de produção grandiosos, Sérgio Rezende apostou em uma estrutura mais modesta para fazer o longa de episódios Quase Nada. Composto por três curtas-metragens, o filme conta histórias ambientadas no campo. Narrado em tom minimalista, faz jus ao título.

O episódio Foice abre o filme. Mostra o que acontece quando dois cortadores de cana, amigos de longa data, começam a se estranhar assim que um deles é promovido. Tem à frente José Pompeu (A Grande Noitada), no papel de um dos canavieiros, em estado de graça.

Em seguida, vem o terror psicológico Veneno. Um vaqueiro tenta levar a vida normalmente, mas é assombrado pelo fantasma de um companheiro. Genézio de Barros (Ação Entre Amigos) no papel do caubói medroso e Denise Weinberg no de sua mulher formam uma dupla perfeita.

No encerramento, Machado acompanha, em flashback, a evolução do relacionamento entre um floricultor religioso e sua jovem mulher. Caio Junqueira é o nome forte, embora não contribua para sanar problemas de roteiro que saltam aos olhos.

Tudo somado, Quase Nada é uma coleção de boas histórias, muito bem narradas, e quase sempre bem interpretadas. Rezende, que não tem sido feliz em suas produções históricas, como Canudos e Mauá, mostra desenvoltura quando tem intimidade sobre o universo de que fala.
Muito tudo

 

 Cinema
Bilheteria
Livros
Música
Televisão

Fique de olho

No Ibope
Exposição


| ISTOÉ ONLINE | ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA |ÁGUA NA BOCA |EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE |
© Copyright 1996/2000 Editora Três