CAPA
 ÍNDICE
 BASTIDORES
 ENTREVISTA
 URGENTE
 QUEM SOU EU?
 IMAGENS DA  SEMANA
 DIVERSÃO & ARTE
 MODA
 AGITO
 ACONTECEU
 TRIBUTO
 CELEBRIDADE
 TESTEMUNHAS DO  SÉCULO 
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 CLICK 
 BUSCA

 

Pop

Radio S.AMB.A
Novo disco decreta volta triunfal da Nação Zumbi

Ramiro Zwetsch

Integrantes do Nação Zumbi: som delicioso e indefinível

A pernambucana Nação Zumbi nunca deixou de ser – senão a melhor – uma das principais bandas do Brasil, com ou sem Chico Science. Que outro grupo tem uma percussão tão competente, com combinação tão perfeita entre peso e suingue? Que outra banda tem um guitarrista criativo como Lúcio Maia, em sintonia tão afinada com esse poderio percussivo?

Esses méritos já eram evidentes em Da Lama ao Caos (1994) e Afrociberdelia (1996), os dois primeiros discos da Nação ainda em companhia de Science – falecido em acidente de carro em 1996. Sem a voz, letras e composições do mais carismático pop star brasileiro dos anos 90, o grupo lançou pela Sony, em 1998 o irregular CSNZ – que fez alguns desconfiados questionarem o futuro da banda e do Mangue Beat.

Pois Rádio S.AMB.A (por enquanto só disponível pela internet, no endereço www.alternetmusic. com.br) é a melhor novidade até agora da música pop nacional, nesse ano 2000. Somam-se à explosiva combinação entre guitarra e percussão, a revelação do bom vocalista Jorge Du Peixe – que mesmo com outro timbre, herdou o estilo de cantar semelhante ao de Science. Costurando os cortes abertos pelas decolagens de Lúcio Maia, o baterista Pupilo e o baixista Dengue garantem a base para toda Nação aterrissar.

O som da banda continua deliciosamente indefinível e a citação ao samba está muito mais no título do álbum do que nos arranjos. Rap, rock e funk em fusões com a batucada brasileira, oferecem pérolas como “Lo-Fi Dream”, “Arrancando as Tripas” e “Pela Orla”. “Quando a Maré Encher” é a faixa de trabalho – a primeira com vídeo clip e execuções nas rádios – e foi pincelada do repertório do grupo Eddie, também de Recife. A “terrinha” continua sendo o principal celeiro da música pop brasileira e o mangue beat ainda vai dar muito o que falar. Em julho, por exemplo, sai Por Pouco, o novo CD do Mundo Livre S.A., que promete abalar tanto quanto esse Rádio S.AMB.A.

Viva Recife!

 Cinema
Festival do Ceará
Bilheteria
Teatro
A Rosa Tatuada
Livros
Caderno de sonhos
Música
Televisão
Fique de olho
No Ibope

 

© Copyright 1996/2000 Editora Três