Logo
 
Celebridade
Lucélia Santos relembra Sinhá Moça
Lucélia Santos protagonizou a primeira versão de Sinhá Moça,em 1986. Hoje, ela interpreta Fausta em Cidadão Brasileiro, novela da Record.
 
Em 1986, dez anos depois de ter se consagrado como Escrava Isaura, Lucélia Santos voltava a freqüentar a senzala, como a protagonista de Sinhá Moça. No papel da personagem título, ela vivia uma jovem abolicionista que entrava em conflito com o pai, um fazendeiro escravocrata, e repetia a parceria com Rubens de Falco. O ator, que havia interpretado o vilão Leôncio em Isaura, voltava como o Barão de Araruna, antagonista da sinhazinha. Embora a intenção da Globo fosse repetir o sucesso da primeira novela, Lucélia consegue ver diferenças entre os dois trabalhos. “Apenas a época era a mesma. A situação social dos personagens era bem diferente, pelo menos no meu caso. Já o Rubens, apenas repetia a vilania”, diz. Além da satisfação de voltar a contracenar com o amigo, a atriz se lembra bem de uma gravação, ocorrida no dia do seu aniversário. Era uma grande seqüência de externas, no Palácio das Laranjeiras, e a produção providenciou para que a data não passasse em branco. Organizaram uma festinha e levaram o filho de Lucélia, Pedro Neschling (que hoje também é ator, mas na ocasião tinha apenas quatro anos), para surpreendê-la. “O Pedrinho surgiu vestindo uma roupa de época especialmente produzida para ele. Fiquei muito emocionada e feliz”, conta. Hoje, enquanto Sinhá Moça está de volta em um remake com Débora Falabella no papel-título, Lucélia retorna ao ar em Cidadão Brasileiro, da Record. “Estou mais velha e talvez mais bonita. E adorando fazer a novela”, diz, sobre o atual momento de sua vida.