Veja também outros sites:
 
   
Diversão & arte - Música
Divulgação

Zezé Di Camargo & Luciano: fonogramas inéditos e DVD
fazem parte de compilação

Divulgação

Foco - Zezé Di Camargo & Luciano
Caixa celebra carreira da dupla

Entrevista: "Amo Dostoievsk", diz Luciano
Urgente: Os bastidores do filme de Zezé Di Camargo e Luciano

Mauro Ferreira

 

No rastro da abertura das FMs do eixo Rio-São Paulo para a música sertaneja, proeza de Chitãozinho & Xororó em fins dos anos 80, uma dupla surgiu em 1991 a reboque de um mega-hit, “É o Amor”, canção que seria gravada até por Maria Bethânia. Mirosmar se tornou Zezé Di Camargo. Welson passou a se chamar Luciano. Juntos, os irmãos goianos destronaram os desbravadores Chitãozinho & Xororó e se tornaram a dupla sertaneja mais popular do Brasil, com trajetória resumida na caixa Dois Corações e uma História, que reúne sete CDs e um DVD. Paralelamente ao lançamento da coleção, a Conspiração Filmes prepara longa sobre a jornada da dupla, Dois Filhos de Francisco, com direção de Breno Silveira.

Editada para celebrar os 20 milhões de discos vendidos pelos irmãos em 13 anos de carreira fonográfica, a caixa dispõe em ordem cronológica 100 gravações nos sete CDs (cada volume abrange o repertório de dois álbuns). O sétimo CD, Duetos e Raridades, traz fonogramas inéditos no formato digital (como “Marcas do Que se Foi”) e gravações feitas pela dupla para discos de colegas. Já o DVD apresenta 14 clipes do período 1992/2003. Os discos também são vendidos separadamente.

Apesar da origem caipira, Zezé Di Camargo & Luciano cantam uma música que, de sertaneja, traz somente o nome e a divisão do canto em primeira (Zezé) e segunda voz (Luciano). A tônica é um romantismo pasteurizado, embora Zezé tenha se revelado compositor acima da (baixa) média do gênero com músicas como “Coração Está em Pedaços”.