24 de janeiro de 2000
Home
Home
Semana
Diversão e Arte
Outras Edições
Fale Conosco
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Busca
 

Leia também:

Televisão
Fantasia
Amor que Fica
Ed Banana
Popular

Cinema
Dogma
Gigantes do cinema

Teatro
Boca de Ouro
A Tempestade

Música

O Ser da Tempestade
Burn to Shine
Ares de Havana


Exposições

Amílcar de Castro
Os 90


Livros

Ivo Pitanguy
Sexo
Sobre a Fazenda
Heróis anônimos do Brasil


Internet

Oscar
Críticos de cinema


Livros - Biografia

Ivo Pitanguy
Livro conta a história do nosso mais famoso cirurgião

Lilian Amarante

Quando a trajetória de um cirurgião plástico vira enredo de escola de samba, como aconteceu em 1999 com Ivo Pitanguy, dá para desconfiar que uma grande história, de fato, existe para ser contada. Afinal, o que fez um médico, em anos de trabalho árduo, para receber uma homenagem dessa natureza?

A biografia de Ivo Pitanguy, que será vendida com a edição 26 de Gente, responde a essa pergunta acompanhando os momentos mais importantes da vida de Ivo Hélcio Jardim de Campos Pitanguy. Mineiro de Diamantina, ainda na adolescência ele resolveu seguir os passos do pai, também cirurgião, e abrir caminho para uma especialidade que, no Brasil, ainda não era devidamente reconhecida: a cirurgia plástica.

Depois de desmaiar na sala onde assistiu à primeira operação, com 16 anos, mentir a idade para poder se formar precocemente em Medicina e conviver com amigos como Fernando Sabino, Ziraldo e Otto Lara Rezende, viajou os quatro cantos do mundo surpreendendo e ganhando o respeito dos médicos mais renomados. Aos 26 anos, formado, ele retornou ao Brasil para exercer sua especialidade. Uma tragédia dos anos 50 - o incêndio em um circo de Niterói, no Rio de Janeiro, que deixou 500 mortos e centenas de feridos atendidos pela equipe do Dr. Pitanguy - provou a importância da cirurgia plástica e deu ao nosso mais famoso cirurgião reconhecimento internacional.

Aos 73 anos, Ivo Pitanguy se orgulha das 60 mil cirurgias que já realizou - algumas delas em mitos da beleza como Sophia Loren e Gina Lollobrigida - e da formação que deu a médicos de 42 países.
De fato, uma grande história

Boletim Assine Fale Conosco Outras edições Home Boletim Assine Fale conosco Outras edições Home