Veja também outros sites:
 
   
Reportagens
   
 
Edu Lopes
“O trabalho no grupo não estava preenchendo as vontades dela”, diz Leonardo, namorado de Luciana

Música / Luciana Andrade
Bye bye Rouge
A cantora sai do grupo Rouge por
“ideologia musical”, continua treinando
canto e não será substituída na banda,
agora com quatro integrantes

Juliana Lopes

 

A cantora Luciana Andrade quer mudar – de novo – de vida. Depois de trocar a pacata cidade de Varginha, em Minas Gerais, por um cotidiano de popstar durante dois anos como integrante do grupo Rouge, a mineira anunciou sua saída na quinta-feira 11. “Só penso em descansar agora. Quero reencontrar meu centro”, disse, em entrevista coletiva realizada pela produtora RGB. O namorado, o fotógrafo Leonardo Pereira, explicou a Gente os motivos da saída de Luciana: “Foi uma questão de ideologia musical. Chegou um momento em que o trabalho no grupo não estava preenchendo as vontades dela”, afirmou. Desde o início, Luciana já indicava que suas preferências musicais eram mais ligadas à MPB – muito diferente do estilo pop-romântico-juvenil do Rouge.

No entanto, a experiência, segundo Leonardo, valeu para a ex-Rouge. “Ela aprendeu muito sobre música, produção, shows, tudo que uma pessoa que quer cantar precisa.” Luciana pôde conviver com todos os requintes da mega produção da RGB em parceria com a gravadora Sony. Para isso, ela teve de disputar com outras seis mil meninas, em 2002, a vaga no grupo no programa Popstars, transmitido pelo SBT. O sucesso produzido fez com que o primeiro disco vendesse mais de um milhão de cópias entre 2002 e 2003. “Ragatanga”, versão de uma música espanhola, ficou conhecida no Brasil inteiro. Em novembro do ano passado, o grupo ganhou disco de platina (250 mil cópias) pelo segundo álbum, C’Est la Vie.

Na sexta-feira 13, Luciana passou o dia com uma das fonoaudiólogas do grupo para continuar estudando canto. “Ela precisa ficar um pouco na dela, mas está bastante tranqüila”, diz o namorado Leonardo. O grupo seguirá com as quatro integrantes – não haverá substituta, segundo a RGB – e a agenda lotada. No Carnaval, as meninas desfilarão na escola de samba Caprichosos de Pilares, do Rio de Janeiro e participarão do trio elétrico Algodão Doce, em Salvador, a convite da dançarina Carla Perez.

Comente esta matéria