Veja também outros sites:
 
Home •• Revista ••• Diversão & Arte    
Diversão & arte - Livros

05/01/2004

   

OS MELHORES DA LITERATURA EM 2003

 
A escolha da Gente
Os melhores livros do ano para os internautas que votaram no site de IstoÉ Gente
1
DivulgaçãoMongólia
Bernardo Carvalho (Companhia das Letras)
O autor, que recebeu neste ano o Prêmio Portugal Telecom por sua obra anterior, Nove Noites, tem se estabelecido como um dos principais escritores da atualidade. Com Mongólia, que nasceu depois de uma viagem de dois meses pelo país asiático, ele provou mais uma vez como sua narrativa é cativante e foi escolhido como melhor romance de 2003 pela Associação Paulista dos Críticos de Arte.
   
2

Abusado
Caco Barcellos (Record)
A trajetória do tráfico de drogas nos morros cariocas, do início dos anos 80 até fevereiro de 2003, foi abordada de forma corajosa neste livro-reportagem que tem como protagonista Juliano VP – codinome de um dos mais famosos bandidos do País, morto logo depois do lançamento da obra.

   
3

Budapeste
Chico Buarque
(Companhia das Letras)
O terceiro romance do cantor e compositor se afastou das narrativas angustiantes das obras anteriores e virou rapidamente um dos best-sellers do ano. Na história, José Costa é um ghost-writer que vai parar na capital da Hungria sem querer e desenvolve uma relação com a cidade, o idioma e sua professora de húngaro.

   
4

Capitu Sou Eu
Dalton Trevisan (Record)
A mais recente compilação de contos do recluso escritor segue o estilo das obras que fizeram dele um dos nomes mais respeitados da literatura brasileira. Nas 21 histórias deste livro, estão presentes tragédias, taras, traições e amores incondicionais de uma Curitiba que parece nunca assumir suas aspirações de metrópole.

   
5
DivulgaçãoPerdas & Ganhos
Lya Luft (Record)
Considerado o azarão na lista de mais vendidos dos últimos meses, chegando a ultrapassar a mais recente publicação do imortal Paulo Coelho, o livro da autora gaúcha apresenta memórias, reflexões e devaneios sobre a maturidade e
conquista os leitores – principalmente aqueles que têm
mais de 40 – pela identificação imediata.
 
A escolha dos internautas
Os melhores livros do ano para
os internautas que votaram no
site de IstoÉ Gente
1

Budapeste
Chico Buarque (Companhia das Letras)

Divulgação
   
2

Onze Minutos
Paulo Coelho (Rocco)

   
3

Banquete com os Deuses
Luis Fernando Verissimo (Objetiva)

   
4

Abusado
Caco Barcellos (Record)

   
5
O Diário de Tati
Heloísa Périssé (Objetiva)
O mico do ano
Num ano sem muitas surpresas ruins
para o mercado editorial, os leitores poderiam ter passado sem essa:
Divulgação
Syang
Depois de conseguir relativa notoriedade participando da Casa dos Artistas, a roqueira tentou estabelecer fama definitiva lançando um livro. No Cio, composto de contos eróticos criados pela loira, teve a clara intenção de causar polêmica. Mas, como já estava fora dos holofotes, Syang não conseguiu o barulho desejado.
 
   
Os destaques
 

A chegada ao Brasil de uma megaeditora estrangeira e os autores
cujos trabalhos publicados deixaram uma marca em 2003

Divulgação
Antônio Prata
Filho do escritor Mario Prata e da dramaturga Marta Goés, o
jovem de 25 anos foi a grande revelação do ano na literatura. As Pernas da Tia Corália (Objetiva), sua primeira publicação em uma grande editora é uma reunião de crônicas bastante originais permeadas por um humor esperto.

Letícia Wierzchovski
A autora gaúcha se tornou conhecida do grande público em janeiro, quando seu romance A Casa das Sete Mulheres virou minissérie da Globo. Na esteira do sucesso da adaptação, Letícia lançou dois novos livros este ano, O Pintor Que Escrevia e Cristal Polonês (Record).

Planeta
A editora espanhola, uma das maiores do mundo, desembarcou no Brasil em abril para competir com as grandes do mercado brasileiro. Lançou 57 títulos em 2003, entre eles o best-seller As Vidas de Chico Xavier e Memórias da Infância, de Manoel de Barros.

Festa Literária Internacional de Parati
Autores nacionais como Ana Maria Machado, Ruy Castro e Patricia Melo e internacionais como Eric Hobsbawn, Hanif Kureishi e Don de Lillo estiveram por três dias na cidade fluminense participando de palestras, debates e sessão de autógrafos. A iniciativa, inédita até então no Brasil, deve começar a se repetir anualmente.

Divulgação

Elio Gaspari
O jornalista lançou neste ano o terceiro volume de sua série de cinco livros, iniciada em 2002. Entre as preciosas informações contidas em A Ditadura Derrotada (Companhia das Letras) estão as provas – nunca antes obtidas – de que Ernesto Geisel sabia da perseguição e morte de opositores e as apoiava.

 
   
   

 

 

 

 

 

 

Clique para vê-la ampliada

EDIÇÃO 230

ENQUETE

Escolha o melhor
ensaio fotográfico
de 2003!
:: VOTAR::

QUEM SOU EU?
TESTE
QUAL É
A MÚSICA?
 BUSCA

ANIVERSÁRIO

Colocamos as principais notícias do ano que você nasceu em uma home page.
RESUMO DAS NOVELAS
 
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três