Veja também outros sites:
Home •• Revista ••Diversão & Arte    
Diversão & arte - Cinema

27/10/2003

   

Ping-pong / Fernanda Young e Alexandre Machado

Casados, Fernanda Young e Alexandre Machado criaram e escreveram durante três anos o seriado Os Normais. Eles fizeram também o roteiro do filme e se preparam para apresentar à Rede Globo outra idéia de programa. Eles falaram a Gente sobre o trabalho.

 

“A gente se diverte muito”

Mariane Morisawa

Divulgação
Fernanda Young
Qual sua principal preocupação no filme?
Era que não ficasse um episódio de tevê grande. Queria realizar um filme de cinema, que tem outra linguagem, mais poética. Tenho muito respeito pelo especta-
dor que sai de casa
para ver um filme.

O filme é mais romântico do que a série porque se trata de cinema?
Tem a ver também. É uma comédia
romântica rasgada, mas é comédia romântica. Só o fato de ter externas,
luz do dia, já traz mais poesia.

O que a Vani tem de Fernanda?
A Vani é doida. Não que eu me defina
como doida, as pessoas têm uma imagem
de mim que não é verdadeira. Ela é doida porque é impulsiva. Mas ao mesmo tempo pura. Tenho isso em alguns momentos.
E ela é corajosa. Acho que sou.

Dá para manter o romantismo depois de tanto tempo?
Conheço o Alexandre há 20 anos, estamos casados há 10. O romantismo vai se readaptando. Mas não é melhor ou pior.
E a gente se diverte muito. Estamos morrendo de rir há muito tempo.

“Nunca houve brigas”

Mariane Morisawa

Divulgação
Alexandre Machado
Imaginava que o seriado virasse cinema algum dia?
Definitivamente não. A gente imaginava que fosse chamar a aten-
ção, que as pessoas fossem gostar. Mas
não virar filme.

Por que o filme é mais romântico do que a série?
A gente queria mostrar como o Rui e a Vani se conheceram. Era o começo de um relacionamento. Tinha que ser uma noite especial. Mas não queríamos um romantismo diferente do normal deles. Eles são românticos, mas não tomam vinho ao luar.

O que o Rui tem de Alexandre?
Aquilo de todo homem, uma energia masculina. Ele não quer problema, quer tudo certinho, ao contrário da Vani, que quer problema. Ele gosta das mulheres. Quem gosta de mulher gosta de mulher maluca e tenta colocar ordem na maluquice.

Trabalhar junto atrapalha o casamento?
As coisas se misturam, a gente tornou
o trabalho orgânico. As coisas fluíam,
não tinham horário. Nunca houve brigas
nem desgastes.

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 221
ENQUETE

O que você faz
para se preparar
para o verão?

QUEM SOU EU?

MULHERES
DO ISLÃ

VOCÊ É UMA CELEBRIDADE?

 BUSCA

ANIVERSÁRIO

Colocamos as principais notícias do ano que você nasceu em uma home page.
RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua
novela preferida
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três