Veja também outros sites:
Home •• Revista ••Diversão & Arte    
Diversão & arte - Cinema

27/10/2003

   
Divulgação

Heath Ledger e Shannyn Sossamon juntos de novo

Thriller
Devorador de Pecados
Filme com Heath Ledger é superficial e
só vale pela beleza do galã australiano

Marina Monzillo

 
   

A mesma dupla de protagonistas e o mesmo diretor/roteirista de Coração de Cavaleiro, sessão da tarde que fez relativo sucesso em 2001, impulsionam o novo Devorador de Pecados. Mas a produção – um misto de terror, aventura e suspense – não consegue nem ser simpática como a anterior.

O galã australiano Heath Ledger é um padre problemático e bonito demais para ser verossímil. Um dos últimos remanescentes de uma ordem secreta que existe dentro da Igreja Católica, ele se sente atormentado pelo envolvimento amoroso um tanto estranho e mal-explicado com a depressiva Mara (Shannyn Sossamon). Com a morte de seu mestre, ele parte em busca do Devorador de Pecados, um ser imortal que absolve (engole, para ser mais específico) os pecados dos excomungados pela igreja. Seu trabalho é uma espécie de extrema-unção para os amaldiçoados.

Brian Helgeland, que já teve seu momento iluminado escrevendo o roteiro de Los Angeles, Cidade Proibida e recebendo um Oscar pelo trabalho, criou desta vez uma história patética, além de superficial. Se alguma coisa ainda faz valer o ingresso, é a beleza de Heath Ledger, quase o tempo todo em cena.
Ritual indigesto

 
 
 

 

 

 

 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 221
ENQUETE

O que você faz
para se preparar
para o verão?

QUEM SOU EU?

MULHERES
DO ISLÃ

VOCÊ É UMA CELEBRIDADE?

 BUSCA

ANIVERSÁRIO

Colocamos as principais notícias do ano que você nasceu em uma home page.
RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua
novela preferida
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três