Veja também outros sites:
Home •• Revista ••Diversão & Arte    
Diversão & arte - Livros

25/08/2003

   
Juca Varella/Folha Imagem
Dávila (à esq.), com Juca Varella: cobertura da guerra rendeu o livro Diário de Bagdá
Divulgação
 

Ping-Pong - Sérgio Dávila
“Achei que Bagdá fosse
parecida com uma favela”

Marina Monzillo

 

Trinta e cinco dias após sair do Brasil, percorrer quase 34 mil quilômetros e emagrecer dez quilos, o jornalista Sérgio Dávila, sempre acompanhado pelo fotógrafo Juca Varella, voltou para casa a salvo e com uma mala cheia de histórias. Juca, por sua vez, trouxe na bagagem quase 3 mil fotos inéditas do conflito. Únicos jornalistas brasileiros na cobertura da guerra que derrubou Saddam Hussein, os repórteres da Folha de S. Paulo lançam Diário de Bagdá (DBA, 144 págs., R$ 59). Sérgio conversou com Gente sobre a experiência.

Quando decidiram fazer o livro?
Nossa preocupação era chegar lá antes do ultimato e sobreviver para contar a história. Não sobrava tempo para pensar em livro. Foi no avião, na volta, que decidimos aceitar um dos três convites que recebemos por e-mail.

Como foi reescrever e relembrar os fatos para compor o livro?
Me emocionei mais. Não lembro de ter chorado no Iraque,
mas fazendo o livro fiquei com os olhos cheios de lágrimas
várias vezes. Fiquei com mais medo também. No dia que
estava escrevendo sobre o primeiro bombardeio, acontecia
um campeonato de futebol num colégio perto de casa. Eles soltaram uns rojões. Quase me escondi debaixo da mesa.

Bagdá é uma cidade diferente do que imaginava?
Achei que fosse mais pobre, parecida com as nossas favelas. É linda, tem a beleza do rio Tigre e os prédios históricos, apesar de mal-preservados. O bagdali não é aquele árabe radical e machista, é extrovertido, gosta de contar piada.

Qual foi a maior dificuldade?
Pensava que não seria problema passar alguns dias sem água, luz, banho. Mas depois do segundo dia em que o café da manhã era a mesma coisa do jantar e do almoço do dia anterior, senti que subestimei a normalidade. Não havia diferenciação das atividades, você acorda e não pode lavar o rosto e escovar os dentes. Você se sente menos humano.

 
 

 

 

 

 

 

 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 212
ENQUETE
Na sua opinião, quem é a pior apresentadora da televisão brasileira?
:: VOTAR ::
QUEM SOU EU?
 
FÓRUM

Pergunte ao
seu ídolo

 BUSCA

Aniversário

Colocamos as principais notícias do ano que você nasceu em uma home page.
RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua
novela preferida
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três