Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Saúde  
Saúde

18/08/2003

   

Pílulas

80% das crianças obesas se tornam adultos obesos

Evite deixar a criança comer assistindo à tevê ou em outra atividade

Se algum dia ocorrer alguma falha no tratamento, tente motivá-la a recomeçá-lo o mais rápido possível

 

Obesidade infantil não é brincadeira
Como melhorar os hábitos alimentares
e combater o sedentarismo para evitar
o excesso de peso que acomete 30%
das crianças e adolescentes

Luciano Negreiros

 
Felipe Barra
Luciano: experiência de quem
foi obeso até os 17 anos
Dizer que criança gordinha é criança saudável é coisa do passado. Hoje é consenso que criança saudável é aquela que está dentro do seu peso e tem uma alimentação equilibrada. Sabemos que 80% das crianças obesas se tornarão adultos obesos. E quanto mais cedo essa obesidade se apresentar, mais doenças associadas a ela vão surgir. Diabetes, hipertensão arterial, aumento de colesterol e triglicérides levam a doenças do coração
e problemas ortopédicos. E, pasmem, a obesidade
está ligada até ao câncer.

Para saber se seu filho está acima do peso, o médico irá calcular o IMC (peso dividido pela altura ao quadrado) e aplicá-lo a uma curva de crescimento. A obesidade infantil, além dos problemas de saúde física, também traz distúrbios psicológicos. A criança obesa é discriminada, sofre com os apelidos que ganha, com traumas, frustrações, ansiedade e até depressão. Essa experiência é passada no livro Bolochinha: Guia de Emagrecimento e Alimentação Saudável para Jovens e Crianças, vivenciada por mim, que fui obeso até os 17 anos, quando tomei a decisão de emagrecer. Nesse livro dou dicas para os familiares e para as crianças gordinhas – e até para as magrinhas – que só comem “porcarias”.

Por isso, a reeducação alimentar está na ordem do dia para todos que comem de forma irregular. Não é fácil tratar da perda de peso em crianças e adolescentes. Com a ajuda dos familiares, professores e amigos, porém, o desafio fica menos difícil. É fundamental a conscientização e a motivação dessas crianças para o sucesso do tratamento. Não devemos sacrificar, reprimir ou esconder situações. É possível ir às festas, sair com os amigos, mantendo um controle satisfatório. O método do tratamento psicossomático do Projeto Bolochinha trata não somente a obesidade, mas a criança obesa, sem tirar dela o prazer da alimentação. Deve-se mudar o foco do prazer, deslocando-o da comida para a satisfação de ter um corpo saudável.

Outro fator importante é combater o sedentarismo. As crianças estão cada dia mais paradas na frente do computador, videogame e televisão. Com controles remotos
à mão, ficam sentadas e deitadas, acompanhadas por saquinhos de salgadinhos, pipoca e refrigerantes. Devido à violência urbana, os pais têm medo das ruas e os filhos
ficam condicionados aos pequenos apartamentos das gran-
des cidades. Além disso, hoje em dia, pai e mãe trabalham fora. Os saudáveis passeios do parquinho ficaram resumidos aos fins de semana e, muitas vezes, substituídos pelo engordativo programa dos shoppings. Temos de incentivar a prática da atividade física prazerosa e criativa. A atividade física adequada depende da aptidão e da escolha da criança. Exercitando-se com prazer, ela não abandona o esporte.

Familiares e professores são responsáveis pela educação alimentar das crianças. Nas cantinas, o lanche deve passar por uma reformulação, com uma alimentação menos calórica e mais saudável. Temos de pensar que os maus hábitos alimentares associados ao sedentarismo estão levando a uma epidemia de crianças obesas que, se não tratadas, desenvolverão graves problemas físicos e psicológicos.

Luciano Negreiros é membro titular da Sociedade Brasileira
de Endocrinologia e Metabologia, da Associação Brasileira
de Medicina Psicossomática e autor do livro e do Projeto
Bolochinha
(www.bolochinha.com.br)

Comente esta matéria

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 211
ENQUETE
Na sua opinião, quem é a pior apresentadora da televisão brasileira?
:: VOTAR ::
QUEM SOU EU?
 
FÓRUM

Você é noveleiro?

 BUSCA

Aniversário

Colocamos as principais notícias do ano que você nasceu em uma home page.
RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua
novela preferida
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três