Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

12/05/2003

   
 
Arnaldo Carvalho/ Ag. Lumiar
A índia Mayra pronta para o Toré, ritual de saudação às forças da natureza, do qual participa aos domingos
“Eu participaria de um concurso de beleza novamente. Mas meu ideal de vida é
me formar em
Direito para defender a causa indígena’’
Mayra Ferreira
“Minha mãe sabe
de tudo. Ela faz uns rituais de ervas
com sal grosso e descobre o que quiser’’
Mayra Ferreira
 

 

Sucesso / Mayra Ferreira
A Índia Miss
Índia da tribo Xucuru de Ororubá, a vice-miss Pernambuco estuda História, quer cursar Direito para defender a causa indígena, participa
dos rituais da tribo e acha que as mulheres brancas usam muita maquiagem

Juliana Lopes, do Recife

 

É mais fácil achar a índia Mayra Ferreira por sinais de fumaça do que por telefone. Pertencente à tribo Xucuru de Ororubá, de Pesqueira, sertão de Pernambuco, a índia não gosta de telefone e nos finais de semana fica na aldeia onde nasceu para cumprir rituais e rever seus amigos. Beleza descoberta por amigos da “rua” (como ela denomina o centro da cidade), a índia de 20 anos ficou em segundo lugar no concurso de Miss Pernambuco. Já havia ganho no ano passado o Miss Pesqueira, como a mais bela de sua cidade natal. Mas, diferente das outras participantes, achou muito estranha a maquiagem dos brancos. “Índio se pinta. Mas os brancos usam muita maquiagem! Eu fiquei muito diferente!”, diz ela.

“Muita maquiagem”, para Mayra, é pó compacto, blush, rímel, batom e lápis de olhos. De fato, é bastante, comparado ao que a índia usa para se enfeitar. Metade do rosto ela pinta de preto, com carvão e óleo. A outra metade, do nariz para baixo, é colorido de vermelho com colorau, condimento extraído do açafrão. Todos os domingos, a índia se embeleza dessa forma para o ritual do Toré, uma saudação às forças da natureza. Para isso, coloca vestes de palha para tocar um tipo de chocalho chamado maracá, canta e bate com um jupago (um pedaço de pau) no chão. Foi com esta roupa que ela disputou o concurso de Miss.

“Eu participaria de um concurso de beleza novamente. Mas meu ideal de vida é me formar em Direito para defender a causa indígena”, avisa, sem a menor sombra de ingenuidade. Estudante do terceiro período de História, numa faculdade paga pela Funai, a índia dá valor principalmente à cultura. O livro Lendas do Índio Brasileiro, de Alberto Costa e Silva, é sua atual obra de cabeceira. A índia mora em casa, apesar de ter nascido numa oca, porque precisa pegar o ônibus para ir à faculdade. Mora com o irmão, o pai, que é sertanejo, e a mãe, a índia Maria Ferreira. O nome da mãe só não é indígena porque ela nasceu numa época de conflitos entre índios e fazendeiros e foi obrigada a se chamar Maria. O filho de Mayra, ela promete, terá nome indígena: Cauãna (que faz referência à água) ou Matalauê (está relacionado à mata).

Enquanto não tem filhos, a índia namora um ou outro, sempre atenta aos olhos rígidos da mãe. O último namorado, cacique de outra tribo, era obrigado a levar a prima de Mayra junto, para não acontecer nada mais íntimo. “Minha mãe diz que eu só posso chegar mais perto depois de casar. E eu respeito porque ela sabe de tudo. Ela faz uns rituais de ervas com sal grosso e descobre o que quiser”, conta a índia. O próximo namorado deve ser um cacique também. “Caciques sabem se expressar, falam melhor. Caçar eu já sei”, avisa.

Comente esta matéria
 
 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 197
ENQUETE
Aline Moraes e Paula Picarelli interpretam as jovens homossexuais Clara e Rafaela que enfrentam o preconceito em Mulheres Apaixonadas.
O que você acha
do tema ser tratado
na novela das oito?
:: VOTAR ::
 
QUEM SOU EU?
 
FÓRUM
 BUSCA

RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua
novela preferida
TESTE
Você é Beijoqueiro ?
Engana-se quem pensa que beijo não define uma conquista. Descubra se você domina a arte de seduzir com os lábios!
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três