Veja também outros sites:
Home •• Revista  
Entrevista

12/05/2003

   
Leandro Pimentel

“A desculpa do PT
era a elegibilidade,
Lula foi eleito, e
agora a desculpa é a governabilidade. O governo atual está muito pouco diferenciado do de FHC”

CONTINUAÇÃO

E o que tem escrito ultimamente?

Acompanha
novelas hoje?
Por que ficou sete anos num seminário? 
 

 

Carlos Heitor Cony
““Se fosse padre, seria
um homem melhor”

continuação
 

Por que ficou sete anos num seminário?
Não só pensei em ser padre mesmo, como acho que dobrei uma esquina errada quando saí do seminário. Não tinha naquele tempo os elementos que tenho hoje para ter essa consciência, fiz porque achava certo. Mas hoje vejo que minha vida seria muito mais autêntica se continuasse naquele caminho, seria um homem indubitavelmente melhor do que sou.

Acha que tem vocação religiosa?
Não sou religioso no sentido tradicional da palavra, mas acho que tinha vocação no sentido de poder ser contemplativo, ter tempo para estudar, pensar. Vi um filme uma vez em que havia um convento no alto de uma montanha no Tibete, tão isolado que os padres eram içados numa rede. Me daria bem num lugar desses.

Abriria mão do que conquistou?
Não fazia parte do meu plano de vida ser escritor. Tenho aquela história de achar que devo ter feito alguma besteira quando me elogiam muito.

Por que saiu do seminário?
Queria ter liberdade para pensar e, pelo menos na igreja daquele tempo, não havia condições para isso. Não me conformava com a censura que faziam a certos livros, considerados não apropriados, a obra de Dostoievski, por exemplo. Foi por aí. Não foi a disciplina, gostava dos horários, do sino. Até hoje não sei a hora direito e chego atrasado em compromissos porque no seminário não havia esse problema, tinha o sino marcando a hora.

Como avalia o governo Lula?
Achei as alianças que ele fez eleitorais. A desculpa do PT era da elegibilidade, mas Lula foi eleito, e agora a desculpa é da governabilidade. O governo dele está muito pouco diferenciado do de Fernando Henrique. Mas tenho de acentuar o indivíduo Lula, que tem realmente uma biografia belíssima, conseguiu chegar aonde está com a palavra, mas está embarcando em canoas erradas desde a campanha eleitoral.

Tem esperança no governo?
Nenhuma, não acredito na aventura humana. Acredito que o homem foi condenado a uma miséria. A única coisa que posso fazer é me salvar, na base do salve-se quem puder, e procuro me salvar como posso. Protestei contra a ditadura, fui preso. Gostaria de ser salvador do povo, mas isso eu deixo para o Lula, para o Bush ou para outros bem-intencionados. Não estava no clima de esperança quando o Lula entrou, mas respeito a personalidade dele. Dou 10 para a individualidade do Lula e zero para a política dele.

1 | 2 | 3


Comente esta matéria
 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 197
ENQUETE
Aline Moraes e Paula Picarelli interpretam as jovens homossexuais Clara e Rafaela que enfrentam o preconceito em Mulheres Apaixonadas.
O que você acha
do tema ser tratado
na novela das oito?
:: VOTAR ::
 
QUEM SOU EU?
 
FÓRUM
 BUSCA

RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua
novela preferida
TESTE
Você é Beijoqueiro ?
Engana-se quem pensa que beijo não define uma conquista. Descubra se você domina a arte de seduzir com os lábios!
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2003 Editora Três