Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

06/01/2003

   

 
Simone Marinho/ O Globo
José Dirceu
     
Henrique Meirelles Marina Silva Luiz Fernando Furlan
     
Ciro Gomes Gilberto Gil Cristóvam Buarque
     
Benedita
da Silva
Márcio Thomaz Bastos Dilma Roussef
     
Humberto Costa Guido Mantega Luiz Dulci
     
Roberto Rodrigues Miro Teixeira Jaques Wagner
     
 
Ricardo Berzoini Outros Ministro  
     
     

Integração Nacional / Ciro Gomes
Língua afiada no Planalto
O candidato da Frente Trabalhista esquece rivalidade política com Lula e assume ministério

Fábio Farah

 
Dida Sampaio/AE
De barba e bigode, Ciro se apresenta como ministro da Integração Nacional de Lula
O ex-governador do Ceará Ciro Gomes estava em Havana, passeando com a mulher, Patrícia Pillar, quando recebeu uma ligação do presidente eleito, Lula, convidando-o para ser ministro. Ele não ficou surpreso com o convite, pois Lula havia dito antes de ser eleito: “Vou precisar de você”. Ciro voltou da capital cubana no dia seguinte e ligou para o celular do presidente assim que aterrissou em Guarulhos (SP), em 23 de dezembro.

Coincidiu com o horário que Lula partiria para Brasília do aeroporto de Congonhas, também em São Paulo. Ciro
seguiu para lá de táxi e os dois fizeram a primeira reunião
a bordo do jatinho do presidente. Na capital brasileira, Ciro foi para o hotel Blue Tree, próximo ao Palácio da Alvorada, onde Lula havia se hospedado algumas vezes. O presidente, que chegou a pensar em colocá-lo no Ministério da Previdência, o convidou para um almoço. “Assim
podemos conversar melhor”, disse Lula.

Na Integração Nacional, o ex-presidenciável da Frente Trabalhista (PPS-PDT-PTB) marca sua volta ao governo federal com pouco mais de oito anos de sua primeira experiência em Brasília – em setembro de 1994, a convite de Itamar Franco, ele assumiu o Ministério da Fazenda por quatro meses. Em sua segunda disputa pelo Planalto, Ciro chegou a ameaçar Lula nas pesquisas de intenção de voto. Porém, dono de uma língua afiada e temperamento explosivo, terminou com 12% dos votos.

Nascido em Pindamonhangaba (SP), Ciro Gomes mudou-se para o Ceará aos 4 anos. Depois de se formar em direito pela Universidade Federal do Ceará, em 1979, pensou em seguir a carreira diplomática, mas o sangue político falou mais forte. Bisneto, neto e filho de prefeitos de Sobral, cidade a 220 km de Fortaleza, Ciro Gomes foi eleito deputado estadual pela primeira vez aos 24 anos. Tornou-se prefeito de Fortaleza aos 30 e no meio do mandato foi eleito governador do Ceará pelo PSDB. Depois da segunda derrota em uma eleição presidencial, Ciro Gomes decidiu apoiar o rival político. “Conte comigo onde você quiser, quando você quiser, para fazer o que quiser e como quiser”, disse ele a Lula.

Comente esta matéria
 
 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 179
ENQUETE
Quem você acha que estava mais elegante na festa da posse?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM 01
FÓRUM 02
 
 BUSCA

RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua
novela preferida
TESTE
Inteligência Sexual
Quanto mais uma pessoa entende de sexo, mais satisfação na cama ela tem
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
 
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três