Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

23/09/2002

   
 
Fotos: Silvana Garzaro
Mariana Kupfer é veterana no Pânico, na Jovem Pan, e gravou um piloto de um game na Record.
Fotos: Silvana Garzaro
Fabiana Saba e Marcos Mion dividem-se entre o rádio e a tevê
Fotos: Silvana Garzaro
“Só aparecer na tevê não basta para ter um programa de televisão. A Casa é apenas uma porta para quem tem talento”, diz
Fabiana Saba

 

Trabalho
Nas ondas do rádio
Ex-participantes da Casa dos Artistas tentam a sorte como radialistas enquanto a chance de ser apresentador de tevê não vem

Edwin Paladino

 
   Fotos: Silvana Garzaro
  Gustavo e Flávio Mendonça apresentam com Syang o Detonando, na Transamérica, há
dois meses

Duas vezes por semana, a roqueira Syang, 32 anos, entra no estúdio da rádio Transamérica, em São Paulo, às 11h da noite. Diante do microfone, tira da bolsa os contos eróticos do seu livro, No Cio, e lê alguns ao vivo. Caprichando no timbre sexy, ela fala sobre amor, romance e sexo. “Fazer rádio é legal porque a voz é o principal personagem”, diz ela, que apresenta o programa Detonando há 2 meses, ao lado do namorado, o gêmeo Gustavo Mendonça e seu irmão, Flávio, de 23 anos. Ao lado Alexandre Frota e Mariana Kupfer, os três dublês de apresentadores completam o time de participantes da Casa dos Artistas que saíram do estúdio do SBT direto para os microfones de rádio.

Fotos: Silvana Garzaro  
A ex Casa dos Artistas Syang  

Curiosamente, embora divirtam-se nas ondas do rádio, todos alimentam o sonho de brilhar na tevê. Syang tem um projeto de programa de variedades, os gêmeos finalizam uma atração para adolescentes, Mariana Kupfer gravou um piloto para a Record e Alexandre Frota quer emplacar dois programas de esportes no SBT. Alçados à fama após a participação na Casa dos Artistas, do SBT, nenhum deles atingiu ainda o objetivo, mas todos encontraram espaço nas emissoras de rádio.

“Fui para a Casa pensando em um programa de tevê, mas aí a música entrou na minha vida”, diz Mariana Kupfer que, aos 27 anos, apresenta o Pânico, na rádio Jovem Pan desde maio do ano passado, e este mês entra em estúdio para gravar o primeiro CD. “Rádio é apaixonante. Só entende quem faz”, diz Mariana. O gêmeo Gustavo, 23 anos, está empolgado com a experiência de mostrar que não é só um corpo malhado. “Trabalhando em rádio fiquei mais desembaraçado. Não sou um boneco de plástico”, enfatiza. “E dá até para gravar suado da academia.”

Televisão, ensinam os mais experientes, é mais complicado. “Aparecer em um programa como a Casa dos Artistas não basta para ganhar uma atração na tevê”, explica Fabiana Saba, 24, apresentadora do Interligado Games, na Rede TV!, e do Torpedo, na rádio Jovem Pan. Nas noites de domingo no Torpedo, ela divide o microfone com Marcos Mion e Luciano Huck. Apresentador do Sob Controle, da Bandeirantes, Mion, 23, ressalta as diferenças entre os dois veículos: “Rádio não é melhor nem pior do que tevê, são linguagens diferentes. Tevê é imagem. Rádio mexe com a imaginação do ouvinte, é ágil, popular, divertido e criativo. É uma delícia.”

No ar com a novela Marisol, do SBT, Alexandre Frota, 38 anos, é mais incisivo ao criticar os colegas. “Neguinho acha que já é ator só porque participou da Casa. Mas reality show não é curso de teatro”, diz ele. Frota, porém, engrossa a lista dos que encontraram trabalho em rádio ao encerrar sua participação na primeira versão da Casa. Aos 38 anos, ficou um mês à frente do Treta Show, na Transamérica. Deixou a atração ao levar ao ar uma entrevista com Mariana Kupfer, da emissora concorrente. “Mas quero voltar”, diz. Na mesma situação de Frota encontra-se a ex- Feiticeira Joana Prado. A modelo de 26 anos despontou na tevê como símbolo sexual e, passados os quinze minutos de fama, tentou a sorte num programa de rádio em 2000. Hoje, depois de participar da segunda versão da Casa e não encontrar espaço na telinha, avisa: “Tenho um projetinho para voltar ao rádio”.

Comente esta matéria
 
 

Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 164
ENQUETE
Por que você acha
que o relacionamento
de Carolina Ferraz e Alexandre Accioly durou apenas
dois meses?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
 
 BUSCA

RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua novela preferida
JOGOS
Monte sua alma-gêmea e ganhe um papel de parede para seu computador
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
| ISTOÉ | ISTOÉ DINHEIRO | PLANETA | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três