22 de novembro de 1999
Home
Home
Semana
Diversão e Arte
Outras Edições
Fale Conosco
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Assine
Busca



 

Wanderley Luxemburgo

Foto:Anibal Philot/O Globo

Descabelado após um dia de treinos em 1976, o lateral-esquerdo Wanderley Luxemburgo da Silva posa com a camisa do seu clube do coração, o Flamengo, quando tinha 24 anos - época em que era reserva do jogador Júnior. "Meu filho sempre foi bonitão", elogia Rosa Luxemburgo, mãe do atual técnico da Seleção Brasileira. Maior salário entre os treinadores do País - R$ 180 mil por mês -, ele tornou-se adepto de roupas de grife, como os ternos Giorgio Armani com que vai a campo. "Ele gosta de roupas boas porque quando era criança não tinha", explica a mãe, que criou além dele outros dois filhos na cidade fluminense de Tinguá. Aos 47 anos, casado e pai de três filhas, ele está hoje à frente da seleção olímpica para o torneio classificatório que começa em janeiro, no Paraná.

 

Boletim Assine Fale Conosco Outras edições Home Boletim Assine Fale conosco Outras edições Home