Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

05/08/2002

   
 
Fotos: Leandro Pimentel
“Estava acostumado com a paparicação das minhas alunas e, na Casa, não era o bacana da história, as atenções não estavam voltadas só para mim’’ Bernardo Romero
 
 
Fotos: Leandro Pimentel
Com a mãe Ângela
Malta, com quem
já morou no Texas
 
Leia Mais

O dono do dinheiro

O vice da casa

 

Televisão
0 vice da casa
O professor de dança Bernardo Romero, segundo colocado na Casa dos Artistas, vai usar parte dos R$ 100 mil para gravar disco

Edwin Paladino

 

No terceiro dia em que estava trancado na Casa dos Artistas, o fã de Luiza Ambiel, Bernardo Romero, 23 anos, pensou em deixar o programa. Acuado no novo ambiente, caiu em prantos. “Estava acostumado com a paparicação das minhas alunas e, na Casa, não era o bacana da história, as atenções não estavam voltadas só para mim”, conta ele, que dá aulas de coreografias de hip hop e axé music. Foi preciso que Flávio Mendonça, Solange Frazão e Luiza Ambiel, outros participantes, o consolassem. Mas seu choro sensibilizou o público, que o levou à final. “Foi uma surpresa. Não imaginei que chegaria na final porque fiquei muito nervoso quando entrei lá”, diz ele.

Na Casa, Bernardo não trocou beijos com ninguém. Mas, além de ganhar a amizade de seu ídolo, a modelo Luiza Ambiel, embolsou R$ 100 mil pela segunda colocação na gincana. “Nossa relação ficou estreita. O Bê até pediu para eu levantar minha calça quando minha calcinha apareceu sem querer”, conta Luiza. Nos últimos minutos da terceira versão da Casa, no domingo 28, a imagem mostrava três amigos – o gêmeo Flávio Mendonça, o ator Sérgio Paiva e Bernardo – sentados, de mãos dadas, torcendo pelo prêmio maior de
R$ 400 mil. Flávio, de olhos arregalados, foi eliminado pelos telespectadores que votavam por telefone. Inquietos, Sérgio e Bernardo levantaram do sofá e esperaram os votos, um a um, abraçados e em pé. A disputa ficou empatada até que a dona-de-casa paulista Renata Borges da Costa deu a vitória a Sérgio: “Quero que os dois aproveitem muito bem a oportunidade que apareceu, gosto muito dos dois, mas os
R$ 400 mil vão ficar com o Serginho”, disse Renata. A audiência do programa foi de 33 pontos de média contra 28 da Globo. Foi a primeira vez que a terceira edição do programa ultrapassou o ibope da concorrente.

Carioca, Bernardo cresceu no Rio de Janeiro ouvindo música clássica. Aos 6 anos, apaixonou-se por ópera. Sua tia Regina apresentava para o sobrinho obras de Verdi em discos de vinil. “Choro desde menino. Um dos motivos é a música clássica que me toca muito”, diz ele. Aos 9, conheceu o rock and roll e a família o filmava imitando o cantor Paulo Ricardo, do grupo RPM. Foi nessa época que decidiu trabalhar com música. Antes de aprender a cantar e dançar – ele tem carteira profissional de dançarino e cantor –, deixou o Brasil aos 12 anos. Filho do fotógrafo norte-americano Richard Romero, foi morar em Houston, no Texas, com o irmão mais novo e a mãe, Ângela Malta. Lá, aprendeu a falar inglês e espanhol, mas sentiu falta da alegria do povo brasileiro. “O pessoal é um pouco chato, meio caipira”, conta ele, que retornou depois de um ano.

De volta ao Brasil, passou a dar aulas de dança e montou uma banda de pop rock. Bernardo, sorriso largo e 1,82 metro de altura, está sem namorada, mas diz fazer sucesso entre as mulheres nas sessões de hip hop e axé music. Na Casa provocou o público feminino ao aparecer tomando banho nu. Ele garante que tirar a roupa não foi estratégia para ganhar popularidade. “Nem tenho um corpão musculoso como o do Flávio para ficar mostrando”, disfarça ele. “Mas quero uma namorada”, acrescenta o dançarino, que com o prêmio vai ajudar uma instituição de crianças com câncer no Rio e investir na produção de seu primeiro CD.

Comente esta matéria
Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 157
ENQUETE
O senador Gerson Camata, marido de Rita Camata, candidata a vice de Serra, queixa-se que ela sumiu de casa e o filho de dois anos chora muito a sua falta. Você acha que ela deveria renunciar à candidatura?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
Paulo Coelho foi eleito membro da ABL por estar na lista dos mais vendidos em todo o mundo, mas a crítica sempre perseguiu o mago. E você? Lê Paulo Coelho? O que pensa a respeito? Dê sua opinião
 
 BUSCA

RESUMO DAS NOVELAS
Saiba o que vai acontecer durante a semana na sua novela preferida
JOGOS
Monte sua alma-gêmea e ganhe um papel de parede para seu computador
• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três