Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

03/06/2002

   
 
Reprodução
Bussunda/ACM
Reprodução
Bussunda/Léo
Reprodução
Beto Silva/Felipão
Reprodução
Hubert/Jô Soares
Reprodução
Reinaldo/Marco Maciel
Reprodução
Reinaldo/Lady Di

 

Trabalho / Rose Aragão
Clones do casseta
Maquiadora do Casseta & Planeta Urgente! transforma os sete humoristas em verdadeiras cópias de personalidades

Marina Monzillo

 
Leandro Pimentel
Rose dá os retoques finais na maquiagem de Hubert: litros e mais litros de produtos como verniz e removedor para “montar” e “desmontar” os humoristas. Carecas, como o presidenciável José Serra, são os mais difíceis de fazer

Um é barrigudo, dentuço e tem a cabeça raspada. O outro exibe corpo malhado e rosto de galã. Seria impossível encontrar qualquer semelhança física entre o humorista Bussunda e o ator Murilo Benício (Bonício, para os cassetas) se não fossem as mãos mágicas da maquiadora Rose Aragão.

Responsável pela caracterização dos tipos encarnados no Casseta & Planeta Urgente! desde a estréia do programa, há 10 anos, a sergipana de 46 anos tem chamado atenção com seu trabalho cada vez mais fiel ao original. Em O Siliclone, paródia da novela O Clone, por exemplo, antes de Bussunda começar a falar, já se sabe se ele está imitando Léo ou Lucas. “Às vezes faço tão certinho que os cassetas comentam que não precisaria ser tão parecido”, conta Rose.
Ela supervisiona uma equipe de cinco pessoas que cuidam da maquiagem e dos cabelos – incluindo as inúmeras perucas – dos humoristas. “Era representante de cosméticos e acabei entrando como maquiadora na Globo. Foi minha escola.” Seu primeiro trabalho foi no TV Pirata, quando descobriu que gostava de fazer caracterização cômica e conheceu os garotos do Casseta, que eram redatores da atração.

Para compor versões de personagens de novela, como Mel Conha e Juca de Olivieri, esportistas, como Rubinho Pé de Chinelo e Felipão Pré-Escolari, e políticos, como Viajando Henrique Cardoso e Zezé Motosserra, Rose se baseia em fotos de jornais e revistas e nunca desliga a pequena televisão que existe em sua sala, no Projac, para observar bem os rostos de mais evidência da semana.

Leandro Pimentel

Em dias de gravação, a profissional chega a trabalhar 11 horas e perde a conta de quantas trocas de maquiagem e cabelo faz. Cada sessão demora em média de 15 a 20 minutos. “Mas, quando tem uma careca é mais complicado, pode levar 45 minutos”, explica. “O Serra, por exemplo, é sempre bem difícil”. Mas fazer Cláudio Manoel virar o presidenciável tucano está na lista das caracterizações preferidas de Rose. O resultado das transformações de Beto Silva em Felipão e de Hubert em Jô Soares também agradam a maquiadora.

A matéria-prima para as metamorfoses que saem dos pincéis e esponjas de Rose são produtos importados. No final, o que mais usa é removedor e verniz. “São litros e litros”, revela. Rose conta que, até dois anos atrás, produtos como o molde da careca e verniz eram mais complicados de se adquirir, precisavam ser encomendados. Já as perucas e bigodes postiços são desenhados por ela e confeccionados a mão em um ateliê no centro do Rio.

No fim do expediente, Rose ainda cuida da pele e dos cabelos “originais” da turma. “Eles são bem tratadinhos, viu? Uso produtos Lâncome e lenços umedecidos da Nívea neles. Eles são vaidosos”, avisa. Quem diria.

 Reprodução Reprodução
Reinaldo/ Itamar Franco Hubert/Linda Blair
   
Comente esta matéria
Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 148
 
ENQUETE
Milú Villela diz: "É in fazer alguma coisa pelo País, é totalmente out não fazer nada". E você? Faz algum trabalho voluntário?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
"Os homens sempre quiseram mandar nas mulheres, por isso se viram no direito de matar." declara a procuradora Luiza Nagib Eluf. O que você pensa a respeito dos crimes passionais? Dê sua opinião
 
 BUSCA

LEIA TAMBÉM
 

Dupla dinâmica
Ex-sócio de Serra fez dobradinha com Ricardo Sérgio em operações fraudulentas

Teste
Como anda a sua Inteligência Emocional?

Feras indomáveis
Marcas desconhecidas avançam sobre mitos como Porsche e Ferrari

Olho biônico
Equipe com oftaltalmo brasileiro devolve a visão a um cego implantando chip na retina

• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três