Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

03/06/2002

   
 
Conheça os casos relatados no livro
 
Felipe Barra
Antonio Carlos Monteiro Gallo
LEIA MAIS
Raul Fernandes
do Amaral Street
LEIA MAIS
Dorinha Duval
LEIA MAIS
Lindomar Castilho
LEIA MAIS
Paula Thomaz e Guilherme de Pádua
LEIA MAIS
Igor Ferreira da Silva
LEIA MAIS
Antônio Marcos Pimenta Neves
LEIA MAIS
 
LEIA MAIS:
Ping-Ping com
Luíza Nagib Eluf
“Talvez eu absolvesse a Dorinha Duval”

 

Capa
Paixão condenada - continuação

 
O perfil do assassino
• Na maior parte das vezes nunca matou ninguém e sua conduta violenta é, principalmente, em relação a uma mulher específica. Dificilmente mata mais do que uma vez. O criminoso forma uma combinação explosiva com uma determinada parceira.

• A receita da tragédia: homem mais velho e mais rico do que a parceira, inseguro, ciumento, possessivo, vaidoso e egoísta, relacionado-se com mulher mais jovem, que não reage, mas sabe manipular os sentimentos do cônjuge.

• Quando a mulher reage e decide pôr ponto final na relação, ele pede de volta objetos dados como presente. Incrédulo, pois se considera dono da mulher, tira a vida dela. Às vezes, não suporta a perda da amada e, depois do crime, comete suicídio.

* Fonte: procuradora Luiza Nagib Eluf e advogado Márcio Thomaz Bastos


Os sete casos mais antigos

ReproduçãoDilermando de Assis mata Euclides da Cunha
A história virou minissérie (Desejos) da Globo, estrelada por Vera Fischer. Autor de Os sertões, Euclides da Cunha tentou matar o tenente do Exército Dilermando de Assis, amante de sua mulher Anna da Cunha, mas foi alvejado por Dilermando e morreu, em 1909, no Rio. O tenente foi absolvido (na foto, o velório no necrotério).

Pontes Visgueiro mata Maria da Conceição
Desembargador de 62 anos estava apaixonado pela prostituta Maria da Conceição, de 17 anos, e movido pelo ciúme matou-a com um punhal. O crime aconteceu em Pernambuco em 1873 e Visgueiro foi condenado à prisão perpétua.

José Sampaio mata José Almeida Júnior
Famoso pintor, à época, José Almeida Júnior foi morto, em 1899, em São Paulo, por uma facada desferida pelo primo, José Sampaio, quando este descobriu uma carta de amor escrita pela esposa, Maria Gurgel, ao parente. Sampaio foi absolvido.

Zulmira Galvão Bueno mata Stélio Galvão Bueno
Em 1950, Zulmira Galvão Bueno matou com dois tiros o marido, Stélio Galvão Bueno, ao descobrir que ele lhe era infiel. Mas foi condenada a apenas dois anos de prisão.

Alberto Bandeira mata Afrânio de Lemos
O aviador Alberto Bandeira nunca admitiu a autoria do assassinato do bancário Afrânio de Lemos, ex de, até então, sua namorada Marina Costa, em 1952. Condenado a 15 anos, cumpriu mais da metade da pena e obteve o livramento condicional.

Leopoldo heitor mata Dana de Teffé
O advogado Leopoldo Heitor viajava de carro com sua cliente, Dana em 1961. Segundo ele, foram assaltados e ela desapareceu. Condenado a 35 anos, ficou preso por nove, mas foi absolvido.

Um amor Homossexual
O dentista J.G.E.D. (os nomes foram preservados) estava com ódio do namorado, o advogado A.J.M.,
que queria trocá-lo por uma mulher. Matou-o com facadas e o decapitou em 1986. Condenado a
15 anos, suicidou-se.

< Anterior

Comente esta matéria
Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 148
 
ENQUETE
Milú Villela diz: "É in fazer alguma coisa pelo País, é totalmente out não fazer nada". E você? Faz algum trabalho voluntário?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
"Os homens sempre quiseram mandar nas mulheres, por isso se viram no direito de matar." declara a procuradora Luiza Nagib Eluf. O que você pensa a respeito dos crimes passionais? Dê sua opinião
 
 BUSCA

LEIA TAMBÉM
 

Dupla dinâmica
Ex-sócio de Serra fez dobradinha com Ricardo Sérgio em operações fraudulentas

Teste
Como anda a sua Inteligência Emocional?

Feras indomáveis
Marcas desconhecidas avançam sobre mitos como Porsche e Ferrari

Olho biônico
Equipe com oftaltalmo brasileiro devolve a visão a um cego implantando chip na retina

• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três