Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

22/04/2002

   
 
Carol Feichas

“Posso até ficar corno diante de 150 milhões de espectadores, mas não vou perder a dignidade”, diz Sabbá

Divulgação

Gustavo e Syang na Casa dos Artistas

 

Separação
O marido desisitiu
Daniel Sabbá diz que acabou seu casamento com Syang, da Casa dos Artistas, após o SBT exibir cenas que sugerem sexo entre a cantora e o gêmeo Gustavo

Eduardo Minc

 

Cenas de sexo implícito exibidas domingo 14 pelo SBT no programa Casa dos Artistas 2 foram eficientes para entreter milhões de telespectadores e desfazer um casamento. O apresentador Daniel Sabbá, da CNT, engoliu seco ao assistir a sua mulher, a cantora Syang, protagonizar com o gêmeo Gustavo uma sugerida relação sexual dentro da cabana de lençóis armada na Casa. A edição do programa, que já dura dois meses, favoreceu a dedução: primeiro, imagens de um preservativo à mão e indefensáveis gemidos. Depois uma conversinha de homem entre Gustavo, Vítor Belfort e o ator André Gonçalves. E, ao final, o desabafo da cantora à Feiticeira Joana Prado: “Quem nunca pecou que atire a primeira pedra”.

Para o marido, foi a gota d’água. “Chegou ao fim meu casamento com a Syang”, afirmou. “Fiquei chocado, pois jamais esperaria uma atitude dessas dela.” Um mês antes, o apresentador invadiu o SBT na tentativa de tirar a mulher da Casa movido pelo ciúme. E o pivô já era o gêmeo assistente de palco de programas de auditório da Bandeirantes. Marido de Syang há dois anos, Sabbá tem dúvidas se a cantora fez sexo com Gustavo, mas isso não diminui a decepção. “Ali ninguém tem certeza de nada. Não vi, mas foi um desrespeito. Posso até ficar corno diante de 150 milhões de espectadores, mas não vou perder a dignidade.”

É o terceiro relacionamento de participantes do programa a acabar. O primeiro foi o de Mariana Kupfer. Seu namorado, o empresário Felipe Kalil terminou com ela antes de sua saída da Casa e o motivo também foi Gustavo. O segundo foi o da atriz Cynthia Benini, que diz ter “suspendido” seu namoro com um rapaz que vive atualmente na Nova Zelândia. Daniel Sabbá critica Silvio Santos e compara o programa do SBT a uma jaula de leões em que os participantes são devorados. “Houve uma edição tendenciosa por parte do programa. O Silvio Santos me parece um homem de família, não sei por que ele parece estar se divertindo com essas cenas”, diz Vera.

Após assistir ao programa, Sabbá telefonou para os pais da cantora. Sentada diante da tevê, a advogada Vera Regina Dreyer pôs as mãos no rosto ao ver a cena. “Pode ter sido uma montagem. Mas a imagem dela ficou desgastada”, diz. “Eu a conheço bem. Ela é carente e carinhosa, mas tudo não passou de amizade. Ela não vai se envolver com nenhum homem lá dentro.” Para Adilson Klier Peres, pai de Syang, tudo não passou de encenação. “O programa mostrou imagens dela, no dia seguinte, comentando que tinha apenas dormido ao lado de Gustavo durante uma hora”, defendeu. Vera não acredita no fim do casamento. “Ele é apaixonado por ela”, acredita. “A relação deles sempre foi meio aberta. Ele nunca foi santo.”

Apesar do que viu na tevê, Sabbá afirma, confuso, não sentir mágoas. Também não descarta uma reaproximação. “O amor perdoa tudo, até mesmo traição”, diz. “Eu a amo e quero proteger sua imagem. Mas ela não está se ajudando.” Mesmo com o rompimento, assegura que continuará a ser seu empresário. “Ela vai posar para a Playboy e estou traçando planos para que sua carreira decole.” Para ele, o público está interessado em ver a separação de casais. “Ninguém se interessa pela relação de Vítor Belfort e da Feiticeira, mas acham maravilhoso ver um menino como o Gustavo tentando virar homem e acabar com relacionamentos como o da Syang, da Mariana e da Cynthia”, diz o marido.

Comente esta matéria
Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 142
 
ENQUETE
Você acha que Ronaldinho pode salvar a Seleção na Copa?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM 1
Ao assumir que tem bulimia em cadeia nacional, Leka levantou a discussão sobre os distúrbios alimentares. Você acha que esta atitude ajuda a combater a doença ou estimula a obsessão por um corpo magro? Dê sua opinião
 
 BUSCA

LEIA TAMBÉM
 

"Aqui não há recompensas"
: Lygia Fagundes Tellles diz que fez palestras para ganhar dinheiro

Oráculo Celta
Conheça a Voz da Floresta

O apetite de Bolla
O garçom que virou dono de restaurantes sofisticados

Dino cão-de-guarda e o repórter-robô
Nova geração
de seres metálicos promete aposentar seguranças e correspondentes
de guerra

• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade
| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três