Veja também outros sites:
Home •• Revista ••• Reportagens  
Reportagens

18/03/2002

   
 
Divulgação
Cenas de Syang na casa: Brincando com Mário
Divulgação
Momento de ternura com Mariana e Cynthia
Divulgação
Bitoca com Mariana
Divulgação
Beijos de Gustavo no pescoço
Divulgação
Gustavo
Divulgação
“Estou meio mole porque tive de tomar um Lexotan. Daniel fugiu de todo mundo e veio para cá, muito mal”, contou Syang aos colegas
Felipe Barra
O avô, Alberto Peres, 81 anos, o pretexto usado por Daniel para tentar tirar Syang do programa na terça-feira 5. “Estou ótimo, minha saúde é dez”, diz ele, que há oito anos caminha 3,2 quilômetros diariamente
Leia mais

• A Casa treme com novos moradores

 

Capa
Paixão furiosa - continuação

 
Reprodução
Syang e Daniel Sabbá com Thamis, madrasta da cantora, Adílson, pai dela, e o avô em foto de família.

Na terça-feira 5, Daniel tentou pela primeira vez tirar Syang da casa. No dia anterior, ele começou a manifestar para a família da cantora sua insatisfação com a situação. Culpava a equipe da Casa dos Artistas dizendo que sua mulher estava sendo induzida a protagonizar cenas picantes. Por volta das 10h da terça 5, fora de si e aos prantos, Daniel ligou para o advogado Adílson Peres, pai de Syang, em Brasília. “Vou a São Paulo tirá-la de lá”, repetia ao telefone. Adílson achou por bem acompanhar o genro. Às 15h, o advogado embarcou para São Paulo. Uma hora e vinte minutos mais tarde chegou ao aeroporto, onde Daniel já o esperava com um motorista e um carro do SBT. “Ele estava transtornado”, conta o pai de Syang. No trajeto, não parava de repetir: “Vou tirar minha mulher de lá e o senhor vai ter que me ajudar”.

No SBT, segundo Adílson, onze diretores, um superintendente e dois advogados os esperavam para uma reunião. Muito nervoso, Daniel falava alto e queria conversar com Syang. Sem êxito, apelou para uma suposta indisposição de Alberto Peres, avô da cantora, a quem ela é muito ligada. Dizia que ele estava passando mal ao vê-la na televisão, por isso ela precisava sair de lá. A pressão de Daniel subiu e ele teve de ser medicado. Só então se acalmou. Alberto, 81 anos, está em excelente forma. “Estou ótimo, minha saúde é dez”, diz ele, que há oito anos caminha 3,2 quilômetros diariamente. Syang chorou após receber o recado de que seu avô passara mal mas já havia se recuperado. Ao final da reunião, que durou quase cinco horas, Adílson conseguiu desmentir o mal-entendido e pediu aos funcionários do SBT que não preocupassem Syang, pois Alberto estava bem. Às 22h, Daniel e Adílson deixaram o SBT.

A reunião na emissora de Silvio Santos surtiu algum efeito. Os carinhos entre Syang e Gustavo praticamente sumiram e, mesmo com Mariana, com quem a cantora trocou uma bitoca, diminuíram. Ao longo da semana, Daniel permaneceu tranqüilo. No sábado 9 e no domingo 10, Syang fez declarações de amor ao marido no ar. Na segunda-feira 11, o apresentador da CNT insistia em negar que o ciúme motivou sua ida ao SBT. “Foi tudo propaganda, só estava preocupado com o avô dela, mas agora está tudo bem. Enquanto ela não fizer nada que desabone a conduta dela, não haverá problema. Ela não ficou com ninguém, não beijou ninguém e não transou com ninguém”, disfarçou. “Todo mundo tem ciúme de tudo, isso é normal. O que sei é que tenho uma mulher que amo, e mais nada”, disse ele a Gente. Na entrevista, Daniel chegou a elogiar o gêmeo Gustavo: “Ele é uma pessoa maravilhosa, é respeitador”. O apresentador disse que, se nada acontecer até o final do programa, ele pretende casar com Syang na igreja nos moldes tradicionais.

Só não se sabe se Syang irá querer oficializar a união que já dura dois anos. A família da cantora está assustada com o ataque de nervos de Daniel. Na segunda-feira 10, o apresentador tentou convencer o sogro a voltar ao SBT, mas não conseguiu. Adílson pediu que ele desistisse. Inutilmente. “Ele nunca demonstrou nada, estamos surpresos”, desabafou Thamis Peres, segunda mulher de Adílson. Saul Sabbá, irmão de Daniel, está preocupado com ele. “Ele está muito nervoso, angustiado. Não achamos que é um problema de loucura, mas sentimental, de depressão. Conversei com ele há pouco e ele está melhor”, disse Saul na noite da terça-feira 12. Na opinião dele, Daniel não estava preparado para ver uma pessoa de que tanto gosta nesse programa. O irmão gêmeo de Gustavo, Flávio, está revoltado. “É um absurdo, não sei se ele é um aproveitador, se está querendo fazer média, mas fazer ameaça é caso de polícia.”

Após encontrar o marido, Syang relatou chorando aos companheiros de programa o problema pelo qual está passando. “Estou meio mole porque tive de tomar um Lexotan (calmante). Ele (Daniel) fugiu de todo mundo e veio para cá, muito mal. Já tinha decidido abandonar o programa, até gravei um depoimento para vocês, mas resolvi ficar. Falei para ele que quero continuar sua mulher, mas quero realizar minhas coisas. Falei para ele ir, ficar forte e me esperar, torcendo por mim.”

Comente esta matéria
Clique para vê-la ampliada
EDIÇÃO 137
 
ENQUETE
Ronaldinho deve ir para a Copa?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
Perturbado com as cenas da mulher Syang com o gêmeo Gustavo, o marido da cantora entrou em depressão e quis tirá-la da Casa. Você acha que exposição dos participantes no reality show prejudica suas famílias? Dê sua opinião.
 
 BUSCA

LEIA TAMBÉM
 

O clone de Lula
PC Bernardes, cérebro do marketing tucano, é a cara do petista

Dinheiro não
traz felicidade
Dicas para uma
vida simples

Os chipsons
Empresário traz ao
País o chip injetável
anti-seqüestro

Linhagem
de heróis
Primeiro homem a dar a volta ao mundo sem escalas num balão fala da vida de herói

• Fale conosco
• Expediente
• Assinaturas
• Publicidade

 

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL | EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três