Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 133
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 CARNAVAL
 RIO DE JANEIRO
 SALVADOR
 SÃO PAULO
 JUIZ DE FORA
 RECIFE
 SÃO LUÍS
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 EXCLUSIVAS
 INTERNET
 QUEM SOU EU?
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 

COMÉDIA ROMÂNTICA

18/02/2002

O Amor é Cego
Gwyneth Paltrow é garota obesa em filme dos irmãos Farrelly, de Quem Vai Ficar com Mary

 Veja o trailer do filme O Amor é cego
[28Kbps] [56Kbps] [Banda larga]
Todos os direitos reservados
É necessário ter instalado os plug-ins
Windows Media Player

Mariane Morisawa

Divulgação

O Amor É Cego: crítica à valorização da aparência

Quem diria que os irmãos Farrelly, aqueles de Débi e Lóide, Quem Vai Ficar com Mary e Eu, Eu Mesmo e Irene, iriam colocar sua incorreção política a favor de um filme romântico? Pois é isso que Bobby e Peter fazem em O Amor É Cego. Não se engane: os personagens deficientes estão lá, assim como as piadas com quase um pé e meio no mau gosto – desta vez, o alvo são os gordos. Mas tudo em prol do bem.

Hal (Jack Black, de Alta Fidelidade) é o que qualquer americano chamaria de “perdedor”. Não consegue uma promoção, dança de forma ridícula, é incapaz de ficar com alguma mulher. Também, pudera: exige que a garota seja perfeita e só dá em cima das mais cobiçadas. Raso e preconceituoso, Hal só se preocupa com a beleza física, apesar de não ser nenhum galã. Do mesmo jeito é seu amigo Mauricio (Jason Alexander, o George do seriado Seinfeld). Tudo isso muda quando Hal fica preso num elevador com um guru, que faz com que ele veja apenas a beleza interior das pessoas. É aí que o rapaz conhece Rosemary, uma garota bastante obesa, mas que ele vê como Gwyneth Paltrow.

O filme utiliza pessoas gordas, tira onda com elas, mas vale para mostrar que a aparência física não deveria ser determinante. Se não provoca as gargalhadas com as piadas de mau gosto dos filmes anteriores, nem abusa das caretas para fazer rir, provoca sorrisos de bem-estar. Às vezes é só disso que a gente precisa. Sorrisos em vez de gargalhadas





Búzios
Quiromancia
Horóscopo chinês
Altar Virtual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE
O que você pretende assistir?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
A explosão do sucesso de Giovanna Antonelli e o fato de Ricardo Medina não ser artista podem ter influenciado na separação do casal? Dê sua opinião.
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três