Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 131
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MODA
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 

Você conhece bem os seus ídolos? Então descubra de quem estamos falando. Respostas no final da coluna.

1. Nasci na Venezuela em 1783. Vivi na Europa antes de voltar à América Latina para acabar com o domínio espanhol na região. Proclamei a República da Colômbia, em 1819. Promovi a independência da Venezuela, do Equador, do Peru e da Bolívia. Fui presidente da Grã-Colômbia, do Peru, em 1824, e da Bolívia, em 1825. Cinco anos depois abandonei o poder e segui para Santa Marta, na Colômbia, onde morri.

2. Francesa de Paris, estudei Filosofia na Sorbonne, onde conheci o filósofo Jean-Paul Sartre, com quem editei a revista Les Temps Modernes. Além de obras de ficção, escrevi o ensaio O Segundo Sexo, em 1949, que me consagrou como uma das principais teóricas do feminismo francês. Em A Cerimônia do Adeus (1981), descrevi os últimos anos de Sartre, com quem vivi desde os tempos de faculdade até sua morte.

3. Mineiro de Juiz de Fora, mudei para o Rio de Janeiro com 8 anos. Cursei administração de empresas e relações públicas na Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro, onde passei a lecionar. Estreei na literatura com Os Prisioneiros, em 1963. Meu livro Feliz Ano Novo foi proibido pelo regime militar. Inovei com a temática da violência e a linguagem cinematográfica que utilizei em meus livros.




Quiromancia
Altar Virtual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE
Você acha que o banqueiro Marcos de Magalhães Pinto, do Banco Nacional, tem direito de recorrer da sentença em liberdade, como determinou o presidente do STF Marco Aurélio Mello?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
O que você achou da atitude da atriz Patrícia Pillar de assumir publicamente a luta contra um câncer de mama como forma de alertar outras mulheres para a necessidade de exames regulares?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala
 
 

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três