Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 131
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 ESTILO
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MODA
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 

por Mariana Kalil;

04/02/2002

Protagonistas de quatro casos inesquecíveis

Vinte e um anos se passaram e o assassinato do ex-beatle John Lennon ainda é considerado o fato de maior impacto da História da música. A opinião é dos telespectadores do canal americano de tevê VH1. A tragédia de Lennon encabeça um ranking, produzido pela emissora, dos 100 acontecimentos que mais chocaram os fãs do pop e do rock. O segundo lugar foi ocupado pelas denúncias contra o cantor Michael Jackson, acusado de ter abusado sexualmente de um garoto de 13 anos. O suicídio de Kurt Cobain, ex-líder da banda Nirvana, e o assassinato de Marvin Gaye, gênio da soul music, ocuparam o terceiro e quarto lugares, respectivamente. Confira os casos.

Marvin Gaye: assassinado pelo próprio pai
Prensa Três
Gênio da música soul, Marvin Gaye morreu em Los Angeles de forma trágica. Foi assassinado pelo próprio pai, durante uma discussão familiar, em 1º de abril de 1984, um dia antes de completar 45 anos. Traduziu sua vida em belíssimas canções de blues e soul. No final da década de 70, entrou em uma fase decadente da carreira. Mudou-se para a Inglaterra e lançou dois discos inexpressivos, até voltar exuberante com Midnight Love, em 1982.

Marcia Foletto/Ag. O Globo
Kurt Cobain: suicídio no auge
O guitarrista do Nirvana colocou fim à própria vida com um tiro de revólver na cabeça em 5 de abril de 1994 – no auge da fama. Foi o líder de um dos grupos mais importantes do movimento grunge. Mas Cobain nunca assumiu a condição de pop star. A biografia Heavier Than Heaven, escrita pelo jornalista Charles Cross, mostra que o cantor tinha fixação pela morte desde muito cedo. Aos 17 anos, disse à família que tinha os “genes do suicídio”. O livro considera que Cobain acabou com a própria vida devido a uma depressão crônica não diagnosticada, reforçada pela dependência em heroína.

Michael Jackson: acusado de perversão sexual
Prensa Três
Michael Jackson foi acusado pelo pai de um garoto de 13 anos de manter relações sexuais com o filho. A notícia pegou o cantor de surpresa no meio da turnê de Dangerous pela Ásia. Estressado, ele viciou-se em comprimidos para dor de cabeça e cancelou os espetáculos. Voltou para os Estados Unidos para se tratar. No dia 22 de dezembro de 1993, apareceu em rede nacional de televisão para proclamar sua inocência. “Não me tratem como um criminoso. Não tenho nada a ver com isso”, suplicou. Em 1994, o caso foi arquivado. Nada ficou comprovado contra o cantor.

Sipa Press
John Lennon: cinco tiros contra o beatle
Atingido por cinco tiros à queima-roupa, John Lennon foi morto na porta do edifício Dakota, onde morava, em frente ao Central Park, em Nova York, em 8 de dezembro de 1980. Foi levado ao setor de emergência do Hospital Roosevelt, mas não resistiu. Mark Chapman, o assassino, está preso na penitenciária de segurança máxima de Attica, nos Estados Unidos. Há dois anos, solicitou sua liberdade condicional à Justiça americana. Teve o pedido negado. A comissão que examinou o pedido concluiu que Chapman permanece com o mesmo desejo de “fama” que motivou seu ato de “ódio e violência” contra Lennon.

“Estou mais velha
e sofro de artrite reumática’’
Kathleen Turner, atriz, 45 anos, protagonista de A Jóia do Nilo, admitindo que não será fácil voltar a estrear um espetáculo na Broadway que a obrigará a tirar a roupa em cena

“Libertem Winona’’
Frase estampada nas camisetas comercializadas por uma loja de Los Angeles. As peças tornaram-se ícone fashion e o estoque de 600 unidades sumiu das prateleiras. A frase é em alusão à prisão da atriz de Colcha de Retalhos, acusada, no mês passado, de roubar peças da loja Saks em Beverly Hills. Ela foi libertada após pagar
fiança de US$ 20 mil

próxima >>

 



Quiromancia
Altar Virtual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE
Você acha que o banqueiro Marcos de Magalhães Pinto, do Banco Nacional, tem direito de recorrer da sentença em liberdade, como determinou o presidente do STF Marco Aurélio Mello?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
O que você achou da atitude da atriz Patrícia Pillar de assumir publicamente a luta contra um câncer de mama como forma de alertar outras mulheres para a necessidade de exames regulares?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala