Clique para ver a capa ampliada
EDIÇÃO 128
 CAPA
 ÍNDICE
 Exclusivo Online
 BATE PAPO
 GALERIA DE FOTOS
 JOGOS E TESTES
 MULTIMÍDIA
 QUIZ
 SEÇÕES
 ACONTECEU
 BASTIDORES
 CELEBRIDADE
 DIVERSÃO & ARTE
 ENTREVISTA
 EXCLUSIVAS
 IMAGENS DA SEMANA
 INTERNET
 MUNDO
 QUEM SOU EU?
 REPORTAGENS
 URGENTE
 SERVIÇOS
 ASSINATURAS
 ASSINE NEWSLETTER
 EDIÇÕES ANTERIORES
 ESPECIAIS
 EXPEDIENTE
 FALE CONOSCO
 PUBLICIDADE
 BUSCA

 

 

Guga estréia com vitória
Em parceria com Fernando Meligeni, o tenista derrotou a equipe argentina no Maracanãzinho em seu primeiro torneio em 2002

Luciana Franca

Alexandre Cassiano
Sobrou descontração na equipe brasileira: enquanto o técnico Jaime Oncins enxugava as costas de Guga, Fernando Meligeni plantava bananeira na quadra

Gustavo Kuerten despediu-se dos dias de dolce far niente em Florianópolis e começou a temporada de 2002 com vitória. Depois de longas férias, na sexta-feira 4 Guga deu a primeira raquetada no Maracanãzinho, no Rio, ao lado do estreante Daniel Melo, e venceu os argentinos Gaston Gaudio e Luis Lobo numa das partidas do Desafio Brasil x Argentina. No último jogo do torneio, no sábado 5, Guga derrotou Gaston Gaudio e fechou o placar em 4 a 1 para os brasileiros. Apesar da tensão em quadra, o jogo entre Guga e Gaudio virou um amistoso, já que Fernando Meligeni havia garantido o título ao time nacional na partida anterior contra David Nalbandian por 2 sets a 0.

Fabio Motta/AE

Feliz com a vitória, Meligeni até plantou bananeira para o público que lotava o Maracanãzinho. “É legal ver a torcida do tênis como se fosse um jogo de futebol ou de vôlei”, comemorou. A vitória também foi celebrada pelo veterano Jaime Oncins, que estreou na competição como técnico da equipe brasileira. A irreverência de Guga foi uma atração à parte. O número 2 do mundo pediu para que Oncins enxugasse suas costas, fez gracinhas para os torcedores na arquibancada e, no intervalo da partida contra Nalbandian, bateu uma bolinha com o pegador Marcos Ceciliano, de 13 anos. “Foi um sonho que vai durar a vida inteira”, comentou o garoto.

Léo Corría/Ag. o Dia
Guga apresentou no Rio o uniforme da Olympikus, seu novo patrocinador

A temporada 2002 de Guga começou com roupa nova. Um ano e meio após ter se negado a usar uniforme da Olympikus nas Olimpíadas de Sydney por ter contrato com a italiana Diadora, o tenista anunciou na quinta-feira 3 acordo de três anos com a marca brasileira, com valor estimado em R$ 6 milhões por ano. “Como já tenho uma posição consolidada no tênis, optei por fechar um patrocínio com uma empresa nacional”, explicou. Enquanto a Olympikus agiliza os quatro novos modelos de tênis para seu garoto-propaganda, Guga prepara-se para competir no primeiro Grand Slam do ano na Austrália, para onde embarcou no domingo 6 – ainda usando os calçados do antigo patrocinador.

 

<< ÍNDICE DE URGENTE




Altar Virtual
Cartomancia
Novo Tarô
Biscoito da sorte
Realejo
Bola 8
Par perfeito
I-Ching
Runas
Vidente
Numerologia
Horóscopo
 
ENQUETE 1
Quem foi o mais bem vestido de 2001?
:: VOTAR ::
 
ENQUETE 2
Quem foi o mais mal vestido de 2001?
:: VOTAR ::
 
FÓRUM
Em decisão inédita a Justiça brasileira deu a guarda provisória do filho de Cássia Eller, Chicão, para sua companheira Eugênia. O que você acha disso?
 
CHAT
Nome (até 20 caracteres):
Escolha uma sala
 
 

| ISTOÉ | DINHEIRO | PLANETA | ISTOÉ DIGITAL |
EDIÇÕES ANTERIORES | ESPECIAIS |
| ASSINE A NEWSLETTER | ASSINATURAS | EXPEDIENTE | FALE CONOSCO | PUBLICIDADE | AVISO LEGAL
© Copyright 1999/2002 Editora Três